06 abril 2015

[ Primeiras Impressões ] A Playlist de Hayden | Michelle Falkoff



      Olá Pessoal!
      Tudo bem?
      Espero que esteja tudo bem.
      Hoje  eu vou deixar minhas primeiras impressões sobre o livro A Playlist de Hayden.
      Venha conhecer minha opinião.


      

   . Sinopse:
     Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.



      Minha primeira impressão de quando li a sinopse do livro foi de encontrar uma história deprimente, pesada por ter lido a palavra Bullying e saber que a história começa com um personagem morto.
     Bullying é um assunto muito sério que precisa ser conversado não só nas escolas, mas em todos os lugares. Por que esses 8 primeiros capítulos mostraram que Hayden não sofria Bullying apenas na escola com alguns  colegas, mas também com o próprio irmão, que deixava a situação pior  de ser lidada e para deixar a situação mais complicada, Hayden não tinha apoio dos pais. O único apoio de tinha era do Sam, seu melhor amigo.
    Isso deixa qualquer pessoa deprimida, principalmente se ela já estiver com sentimentos abalados, porém o que deixa minha curiosidade bastante intrigada é querer saber o que realmente aconteceu na festa, qual foi a gota d’água que  fez Hayden  achar que  o suicídio era a única solução que tinha para por fim  no seu sofrimento.
   Outro fato curioso é descobrir quem está dando uma de justiceiro na trama com quem praticava bullying com Hayden e também acho que seja a mesma pessoa que está conversando com Sam no bate papo, tentando ajuda-lo a superar a perda de seu melhor amigo.
   Para finalizar, espero ter o privilégio de ler o resto da história para saciar minha curiosidade e  terminar de ouvir a playlist de Hayden por completa, que por sinal, conseguiu me  cativar com poucas páginas.

 

" Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê. "
                                   ( pág. 44 )

" Você ficaria surpresa por saber o que as pessoas podem fazer quando são provocadas. "
                                ( Jim -  pág. 207 )  


    

      E vocês já leram as primeiras impressões do livro A Playlist de Hayden?

      Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.


 


 renata massa