07 abril 2015

[ Resenha ] A Culpa é das Estrelas | John Green

         Olá Pessoal, tudo bem?
         Espero que esteja tudo bem.

         Hoje eu trago a minha resenha sobre o livro A Culpa das Estrelas do escritor John Green publicado pela Editora Intrínseca

        Venha e conheça minha opinião.
              

        
"- Às  vezes as pessoas não têm noção das promessas que estão fazendo no momento em que as fazem."   ( Hazel  Grace  - pág. 61 ) 






    . Dados Sobre o livro:

    - Título Original: The Fault In Out Stars
    - Autor: John Green
    - Editora: Intrínseca
    - 1º Edição
    - Ano: 2012
    - 288 Páginas
    - Tradução de: Renata Pettengill

   - Onde comprar: SubmarinoAmericanasCulturaSaraiva

    . Sinopse:

     Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico.
       Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.




   "Eles não matam se você não acender. E eu nunca acendi nenhum. É uma metáfora. Tipo: Você coloca a coisa que mata entre os dentes, mas não dá a ela o poder de completar o serviço." ( Augustus Waters - pág. 26 )


 Incrivelmente Triste!
 
     Eu comecei a leitura do livro com o coração batendo forte, pois eu já sabia que a história abordaria a respeito do câncer, uma doença terrivelmente cruel e dolorosa. Como eu presenciei a doença de perto, sabia que durante a leitura todas as lembranças retornariam na minha mente.
     Porém a história é tratada de forma leve, mas incrivelmente triste por causa da doença e gostei tanto da escrita do John Green, que fiquei comovida que tenho que rasgar sedas e mais sedas para ele. 


     A história é contada pela Hazel Grace, uma garota de 16 anos que tem um câncer de tireoide, com metástase nos pulmões, porém sua doença está relativamente controlada, graças a um medicamento experimental. Hazel frequenta um grupo de apoio para jovens com câncer e lá, ela conhece Augustus Waters. Um garoto de 17 anos que tem osteossarcoma, um câncer nos ossos e precisou amputar a perna. Mesmo com todo sofrimento a história tomou um rumo muito bacana, graças à maneira de como Gus vê a vida, ele cativa todos ao seu redor. Até conseguiu me cativar e fez-me pensar sobre alguns acontecimentos que teve na minha vida.

     Durante a leitura, tive a impressão que Hazel já tinha conformado com o seu destino, mas Gus mostrou ao contrário para ela. Mesmo doentes Gus mostrou a Hazel que eles poderiam aventurar-se e seres surpreendentemente felizes, mesmo que fosse por pouco tempo. Fiquei bastante emocionada com as atitudes dele não só com a Hazel, mas com seu amigo Isaac.
    Terminei o livro com os sentimentos a flor da pele e realmente senti tudo que estava descrito na capa... Eu ri, chorei ( lembrei de momentos triste, mas importantes ) e desejei mais algumas páginas.




"Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso." 
( Pág. 235 ) 


         . Trailer do filme:

         


    . Sobre o Autor:

    John Green cresceu em Orlando, Flórida, a uma pequena distância da Disney World. Se mudou para Ohio para cursar a universidade, onde estudou Inglês e Religião. Por vários meses antes se graduar, John trabalhou como capelão em um hospital infantil. Enquanto estava lá, teve a inspiração para escrever seu primeiro romance, Quem É Você, Alasca?, que se tornou um bestseller nos Estados Unidos e ganhou muitos prêmios literários, como o Michael L. Printz Award nos EUA e o Silver Inky Award na Austrália. O segundo romance de John, An Abundance of Katherines, foi publicado em 2006 e se tornou finalista do Los Angeles Times Book Prize e também nomeado livro de honra do Michael L. Printz. Paper Towns, publicado nos EUA em 2008, estreou em quinto lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times e ganhou o Edgar Allan Poe Award pelo melhor romance de mistério. Em 2009, Paper Towns foi eleito em primeiro lugar por mais de 11 mil leitores no Top 10 dos Adolescentes da American Library Association.  No seu tempo livre, John é um grande fã do Campeonato Inglês de Futebol, mas ele não fala para que time torce, porque não quer alienar possíveis leitores.

     Já leu A Culpa é Das Estrelas ?
     Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.



 renata massa