04 abril 2015

[ Resenha ] Assassin's Creed - A Cruzada Secreta | Oliver Bowden

        Olá Pessoal, tudo bem?
         Espero que esteja tudo bem.
         Hoje eu trago a minha resenha sobre o livro Assassin's Creed - A Cruzada Secreta do escritor Oliver Bowden  publicado pela Editora Record
        Venha e conheça minha opinião.


" Talvez Malik tivesse razão.
 Havia outros meios de silenciar o sacerdote - ele não precisava ter morrido.
 Mas Altaïr o matara  porque...
 Porque ele podia.
 Porque ele era Altaïr Ibn - La Ahad, filho de um Assassino.
 O mais habilidoso de todos da Ordem. Um Mestre Assassino."
( Capa  de Assassin's Creed -  A cruzada Secreta )



    . Dados Sobre o Livro:

    - Título Original: Assassin's Creed - The Secret Crusade
    - Autor: Oliver Bowden
    - Editora: Record
    - Série: Assassin's Creed
    - 2ª Edição 
    - Ano: 2012
    - 336 Páginas
    - Tradução de: Domingos Demasi

    - Onde Comprar: SubmarinoShoptime | Folha

     . Sinopse:

      Muito antes de Ezio Auditore nascer e lutar pelo Credo dos Assassinos, a poderosa Irmandade já estava em plena ação. É Niccolò, pai do famoso Marco Polo, quem revela, em 1257, a história de Altaïr Ibn-La’Ahad, um dos mais importantes e extraordinários entre os Assassinos.
         Os acontecimentos que mudarão dramaticamente o Credo e a vida de Altaïr começam em Acre, 1191. É quando ele, a pedido de Al Mualim, parte para recuperar um artefato precioso na Terra Santa. Mas, devido à arrogância e impulsividade, ele falha e prejudica não só a Irmandade como pessoas próximas.
         Poupado da sentença de morte, o jovem Altaïr precisa reaprender a ser um Assassino e deve enfrentar nove cruéis inimigos, entre eles o Templário Robert de Sablé, para demonstrar seu compromisso com a própria redenção e a Irmandade.
        É o início de uma cruzada secreta, uma missão reveladora em uma vida marcada pelo sofrimento e pela superação, na qual conceitos como lealdade, autoconhecimento e traição nunca foram tão fortes. Conheça o verdadeiro significado do Credo dos Assassinos.




" - Os Assassinos são os guardiões dos segredos, e os segredos que guardam são de conhecimentos."
     (  Niccolò - Pág. 10 )

     Conheça as Resenhas dos Livros Anteriores:


                                       
 Os Segredos de Altair - O Mestre Assassino
 

      Ler o terceiro livro da série Assassin's Creed, foi formidável. Aventurar-se na história de Altaïr deixou a série muito mais chamativa e interessante.
      Neste volume o autor traz alguns pontos diferentes da história do jogo, uma delas é não ter a presença do personagem Desmond, que revive as memórias do Altaïr. Sinceramente eu pensei que ele entraria no livro, mas para minha surpresa, a história é narrada por Niccolò Polo e pra ser sincera não fiquei nenhum pouco decepcionada com a mudança.
       Dessa forma a história se inicia como no jogo, no ano de 1191, durante o período das Cruzadas com o assassino Altair Ibn La-Ahad em uma missão cujo objetivo era recuperar o artefato místico que os templários tanto desejavam obter.
      Por ter sido treinado pelo Credo dos Assassinos desde criança e ter se tornado um dos mais jovens mestres da Ordem, Altair deixou de ser humilde e acabou sendo dominado pela sua arrogância . 

   
       Em uma batalha no templo de Salomão contra os templários, Altair com varias atitudes impensadas e por ter deixado os ensinamentos da Ordem de lado, comete um erro gravíssimo, prejudicando a missão e seus companheiros Malik e Kadar. Ao retornar, Altair é confrontado pelo líder da Ordem Al Mualim, que percebe que o fracasso da missão foi por causa da sua arrogância e que seus erros graves eram dignos de punição.
      Como castigo Al Mualim rebaixa Altair para o nível de aprendiz para reaprender os ensinamentos do Credo. Sendo assim, Altair teria que assassinar 9 inimigos do Credo para ter a oportunidade de recuperar novamente seu status de Mestre.
    
       Outro detalhe interessante no livro que diferenciou do jogo é a origem de Altair, desde a morte de seu pai, o rigoroso treinamento para se tornar um mestre e como fundou um novo Credo dos Assassinos. Não esquecendo de como ele dedicou vários anos de sua vida escrevendo relatos e desenvolvendo armas como o Códex através de desenhos futurísticos da maçã para os futuros assassinos.
       Assim como nos livros anteriores o final é surpreendente e o epílogo deixado na última página do livro, aumentou minha curiosidade para a nova jornada de Ezio que volta com muita força no quarto livro.
      Bom para finalizar só tenho a dizer que os livros da série entraram para minha lista de favoritos e para dizer a verdade não sei qual é o melhor livro, pois cada um traz segredos grandiosos e revelações magníficas.








  
     . Trailer do jogo Assassin's Creed - A Cruzada Secreta:


                        
  

      . Sobre o Autor: 
       Anton Gill começou a escrever profissionalmente em 1984 e nesse tempo publicou 35 livros.
Gill nasceu em Ilford, Londres, filho de pai alemão e mãe inglesa, cresceu em Londres, foi educado na "Chigwell School" e no "Clare College", trabalhou no teatro, especialmente no "Royal Court Theatre" em Londres, no Conselho de Artes e na emissora de TV BBC antes de se tronar escritor. Ele escreveru uma variedade de artigos históricos, incluíndo três biografias. Seu trabalho inclui obras de ficção e não-ficção, mas seu escopo principal é a história européia contemporânea. Ele usa dois pseudônimos: Oliver Bowden e Ray Evans. Ele é casado com a atriz Marji Campi e divide seu tempo entre Londres e Paris.


       . Já leu Assassin's Creed - A Cruzada Secreta?
       . Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler sue comentário.
       

 renata massa