09 julho 2015

[ Resenha ] Cinquenta Tons Mais Escuros - E. L. James

         Olá tudo bem?
         Espero que esteja tudo bem.
         Hoje eu trago a resenha do livro  Cinquenta Tons Mais Escuros da autora E. L. James publicado pela Editora Intrínseca.
       Venha e conheça minha opinião sobre ele.


    

" Eu gosto de ter controle, Ana, mas com você isso... desaparece. Venha, nós precisamos conversar."
                                            ( Christian - pág. 31 )


  . Dados Sobre o Livro:

     - Título Original: Fifty Shades Darker
     - Autora: E. L. James
     - Editora: Intrínseca
     - Trilogia: 50 Tons de Cinza
     - 1º Edição
     - Ano: 2012
     - 512 páginas
     - Tradução de: Juliana Romeiro

  
   . Sinopse:

      Assustada com o lado obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Anastasia Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e decide se  concentrar em sua  carreira: ela acaba de conseguir um emprego em uma  editora de livros de Seattle.
      Mas o desejo que sente  por Christian ainda domina seus pensamentos e, quando ele propõe reatarem o namoro, ela não consegue resistir. Por amor a Ana, Christian está disposto a enfrentar seus demônios interiores. Em pouco tempo, porém ela descobre segredos do passado de seu amargurado e  se vê obrigada a tomar uma importante decisão.




" Já conheci muitas mulheres que gostam de fazer o que eu faço. Nenhuma delas me atraiu do jeito que você me atrai. Jamais estabeleci uma relação emocional com nenhuma delas. É só você, Ana, desde sempre."
                                ( Christian - pág. 365 )


 
                                                          Tirando Minhas Próprias Conclusões 2.

      Terminei de concluir o segundo volume da trilogia 50 Tons de Cinza e foi melhor do que o primeiro, mas sem muitas expectativas, ainda não entrou na minha lista de favoritos.
      No final do primeiro livro da trilogia, Anastasia Steele não sabendo lidar com estilo de vida de Christian Grey, fica totalmente confusa e resolve romper o relacionamento deixando Christian totalmente abalado. O que foi uma surpresa para mim, pois não imaginava que ela teria essa atitude.
      Nesse segundo livro, após passar alguns dias, Anastasia recebe um e-mail de Christian, oferecendo uma carona para a exposição de José, pois haviam combinado de irem juntos e acabam mostrando que não conseguem ficar afastados um do outro, por muito tempo.
      Grey ainda é um homem totalmente possessivo, autoritário, dominador e cheios de traumas, mas está um pouco diferente, pois ele começa a notar que Ana tornou-se um bálsamo para seus traumas e tenta manter um relacionamento verdadeiro com ela.
      Com isso, Grey mostra claramente para Anastasia seu passado, suas dificuldades de lidar com seus traumas e medos. E Ana por sua vez, mostra que está mais decidida com suas decisões, impondo suas opiniões que muitas vezes Grey discorda, causando algumas discussões entre o casal. Sem mencionar que eles enfrentaram conflitos com uma ex-submissa que deixará Ana um pouco apreensiva nesta relação.
      Por ser um livro com conteúdo adulto, as cenas eróticas continuam quentes e detalhadas, porém a narrativa ainda está bem repetitiva e isso cansa um pouco. Acho que não tinha tanta necessidade de mostrar direto que Anastasia estava o revirando os olhos ou mordendo os lábios e Christian novamente pedindo Anastasia para não fazer esses gestos.
      Mesmo havendo várias críticas positivas e negativas, ainda pretendo completar a leitura dessa trilogia e tirando minhas próprias conclusões a respeito dela sem deixar que os meus tabus atrapalhem.






  . Leia Também:


      Já leu Cinquenta Tons Mais Escuros?
     Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.

 
 renata massa