05 agosto 2015

[ Resenha ] A Ascensão da Meia Noite - Lara Adrian

       Olá tudo bem?
       Espero que esteja tudo bem.
       Hoje eu trago a resenha do quarto livro da série Midnight Breed - A Ascensão da Meia - Noite, escrito pela da autora  Lara Adrian publicado pela Editora Universo dos Livros.
       Venha e conheça minha opinião sobre ele.
    " Não somos mortos - vivos. A raça é uma espécie híbrida, de vida longa, que surgiu há milhares de anos neste planeta. Geneticamente, somos parte humanos e parte de outro mundo. "    ( Rio - pág. 129 )

   
  . Dados Sobre o Livro:



      - Título Original: Midnight Rising
      - Autora: Lara Adrian
      - Editora: Universo dos Livros
      - Série: Midnight Breed
      - 1º Edição
      - Ano: 2012
      - 360 Páginas
      - Tradução de: Luís Protásio


    . Sinopse:

     Para a jornalista Dylan Alexander, o que começa como a descoberta de uma cripta oculta acabará se transformando em uma espiral de violência e mistério que colocarão sua vida em perigo. Mas nada é mais perigoso do que o homem ferido e extremamente sedutor que emerge das sombras para carregar Dylan e um mundo sombrio…
      Irado por causa de uma traição, Rio é um guerreiro que empenhou a vida na luta contra o exército de Renegados. Ele não permitirá que nada atrapalhe seu caminho – muito menos uma mortal que pode pôr em perigo a existência da Raça, ameaçada agora por um sombrio mal que despertou de sua letargia eterna.
      Repentinamente, Dylan não consegue mais resistir ao toque de Rio, e descobre que eles estão unidos por laços fortes. Ela deverá escolher: deixar o reino da meia-noite ou arriscar tudo o que tem por esse homem que lhe mostrou o verdadeiro sentido da paixão e os infinitos prazeres do coração…


     " Como é companheira é uma Companheira de Raça, será tratada com todo o respeito e reverência. "
                                                   ( Rio - Pág. 145 )




                                  
                         Continuo dizendo, vale muito a pena ler a série Midnight Breed.

        Aprecio muito a forma como a Lara Adrian desenvolve a série. Além de cada livro apresentar um casal novo e totalmente cativante, a história em nenhum momento fica chata, sempre trazendo novidades fabulosas que faz aumentar ainda mais a curiosidade.
        No finalzinho do livro anterior, O Despertar da Meia – Noite, a ordem descobriu uma cripta em uma caverna na Republica Theca e depois de executar uma missão eles voltam para Boston, mas deixam Rio com mais uma missão de destruir a caverna para impedir que ninguém encontrasse a tumba e suas pinturas que revelam vários segredos sobre a Raça dos vampiros.
        Acontece que Rio ainda está ferido em todos os sentidos pela traição da sua ex-companheira de raça chamada Eva. Rio foi ferido por uma bomba no livro O Beijo da Meia - Noite, descobrindo que Eva, que na época era sua companheira de Raça, havia traído a Ordem e planejado um atentado contra Lucan.
       Eva conseguiu deixar Rio com muitas marcas de ferimentos, muito sofrimento interior e envergonhado ao ponto de não ter vontade de reerguer sua vida. Para piorar a situação, Rio tinha a intenção de cumprir a missão e ao mesmo colocar seu plano em pratica, explodir a caverna com ele dentro.
       Mas algo inexplicável acontece... Uma mulher chamada Dylan Alexander, que estava a passeio pela região, entra na caverna e encontra Rio totalmente arrasado. Mesmo assustada com a presença do guerreiro, ela fotografa o local e o rosto de Rio, fazendo com que ele fracassasse com sua tarefa e vai embora com a intenção de publicar uma história, pois Dylan é uma jornalista. O que Rio não sabe é que Dylan foi levada até lá por um espírito de uma mulher.
      Quando Rio percebe o que realmente aconteceu, vai atrás de Dylan para apagar a memória dela e descobre que Dylan enviou as fotos para algumas pessoas.
      Não tendo alternativa, Rio resolve sequestrá-la, levando - a para o Condomínio da Ordem em Boston, até conseguir consertar seu erro. Mas para a surpresa de Rio, ele estava lidando com uma companheira de raça com o dom extraordinário de vê e ouvir espíritos de mulheres.
       Depois da surpreendente reviravolta no final do livro anterior, a Ordem conheceu um novo inimigo que mesmo que tenha o mesmo objetivo dos outros inimigos, esse é mais ousado com suas metas para obter poder.
      São trechos importantíssimos que não podem ser deixados de lado por nada, deixando claramente que esse inimigo não está na história para brincadeira.
       Já o relacionamento do casal é bem construído e fiquei na torcida por eles. Em alguns momentos eu sentia compaixão pela situação de Rio, mas logo em seguida ele me deixada irritada por causa dos seus pensamentos em torno do seu passado, achando que nunca mais poderia ser feliz. Um detalhe engraçado e acho que não tem nada haver, mas durante a leitura eu lembrei muito do Zsadist da IAN, deve ser por causa do sofrimento que ambos passaram.
       A leitura deste livro é muito agradável, deixa um gosto de quero mais e praticamente ficou impossível largá-lo. Então... Continuo dizendo vale muito a pena ler a série Midnight Breed.



Próximo Livro da Série: O Véu da Meia - Noite


   
     . Leia Também:



      - O Beijo Escarlate 


     Já leu A Ascensão  da Meia - Noite?
     Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.

 renata massa