29 julho 2015

[ Resenha ] Alma Vampira | Ju Lund



         Olá tudo bem?
         Espero que esteja tudo bem.
         Hoje eu trago a resenha do livro Alma Vampira, continuação do livro Doce Vampira escrito pela da autora Ju Lund publicado pela Editora AVEC.
       Venha e conheça minha opinião sobre ele.


   

" Senti um misto de alegria e preocupação inflar meu coração de vampira, mas minha alma gritava que a notícia era boa." 
                                              (  Esther - Capítulo V )



   
 
. Dados Sobre o Livro:

     - Autora: Ju Lund
     - Editora: Avec
     - 1º Edição
     - Ano: 2015
     - 200 Páginas
  

     . Sinopse:
 
       Duda enfrenta novos desafios, sem memórias vive uma rotina nova ao lado da família, dos semeadores e de um possível novo amor. Esther não suporta a realidade e, num ato extremo, transforma a vida de Duda para sempre deixando sua alma ainda mais perdida. Duda, confusa, perambula entre dois mundos até que se sente obrigada a tomar uma grande decisão para seu futuro. Por amor vale tudo e até onde podemos ir em seu nome?


" O que queremos da vida e o que de fato conseguimos são duas coisas completamente diferentes." 
                                               ( Duda - Capítulo VI )

Leia a resenha do livro anterior: 



                                                     Fui Surpreendida Pela História.

      Fui pega de surpresa com a história de Alma Vampira. Realmente não imaginava que o romance fosse conseguir me prender até a última página e que ficaria desejando mais páginas no livro.
     No final de Doce Vampira, todas as dúvidas de Duda foram esclarecidas em relação a família de Esther, porém alguns acontecimentos ocorridos, colocou Duda nas mãos dos Semeadores ( uma seita religiosa que luta contra a existência dos vampiros ), que começaram um processo de lavagem cerebral de forma totalmente extrema.
     Durante o procedimento do tratamento de choque, Duda se apega nas lembranças com Esther para tentar ser forte, contudo acaba sendo dominada pelo cansaço e os Semeadores conquistam seus objetivos. É dessa maneira que se encontra Duda em Alma Vampira, tentando viver sua nova fase da vida.
     Enquanto isso, Esther se encontra infeliz, preocupada com Duda e insatisfeita com o seu relacionamento com Jamine.
    Após descobrir que Duda está na casa dos pais, Esther resolve tomar coragem, vai atrás dela e decide sequestrá-la, deixando sua mãe Louise irritada com a sua atitude. Pois Louise sabe que a comunidade vampírica, está alerta com uma guerra que está prestes a explodir e o rapto da Duda pode ser o começo dessa guerra civil.
    Fiquei bastante contemplada com a história, não desconfiava que iria encontrar Esther com a personalidade vulnerável e possessiva em relação a Duda, tomando decisões perigosas e impensáveis. Por outro lado, adorei ver Duda não sendo tão inocente na trama e amadurecendo com as decisões que precisava ser tomadas.
    A autora Ju Lund focou na história da Duda com Esther, mas eu senti um pouco de curiosidade de saber mais sobre a TEV, ( Tropa do Exercito Vampírica ) como foi com os Semeadores. A personagem Louise conquistou pontos positivos comigo, após ter um capítulo com o seu ponto de vista em relação ao relacionamento de Duda e Esther.
    Enfim... O livro finalizou com várias situações inesperadas, deixando dúvidas sobre os fatos que não foram esclarecidos e a sensação que terá muita reviravolta.
    Recomendo a leitura a todos, principalmente se já leu Doce Vampira.


 Livro fornecido gentilmente pela autora.

"Quando a gente ama, deixa muita coisa de lado e faz o impossível tornar-se realidade."
( Esther - capítulo XIII ) 

   
       . Sobre a Autora: 

         Ju Lund é amante das artes. A gaúcha nascida em Pelotas é técnica em Turismo e Hotelaria. Graduanda em Artes Visuais Licenciatura é editora e fundadora de um portal de incentivo à literatura. Apaixonada por seus três gatos e mãe do Joan, “transforma seus melhores sonhos e piores pesadelos em contos e romances”.


       Já Leu Alma Vampira?
        Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.

    
  
 renata massa