21 setembro 2015

[ Resenha ] Setembro Nacional 2015 - Chamas da Noite - Cristiane Krumenauer









     Olá Pessoal! Tudo bem com Vocês?
     Hoje eu trago uma resenha de uma autora que conheci, por causa da participação da Maratona Setembro Nacional.




" A riqueza pode ser muito cara, mas a ambição é mais cara ainda. "  ( Pai da Simone - Pág. 115 ) 



   
. Dados Sobre o Livro:

     - Autora: Cristiane Krumenauer
     - Editora: Giostri
     - Ano: 2014
     - 1ª Edição
     - 162 páginas

    . Sinopse:

     Flagrar o namorado com Maria Luísa acaba mexendo com os nervos de Simone, uma ricaça cuja fortuna provém do trabalho escravo de bolivianos ilegais. O orgulho acaba levando-a à insanidade, fazendo com que incendeie a cafeteria dos pais de sua maior rival, onde dezenas de pessoas morrem, inclusive o grande amor das duas jovens: Gabriel. Enquanto a culpa recai sobre Maria Luísa, eis que surge Fernando, um detetive que há tempos investiga a criminosa e que foi contratado por uma pessoa que mantém sigilo absoluto de sua identidade. Será que Fernando conseguirá salvar Maria Luísa e garantir que Simone pague por todos os crimes?

  

 
                                            Uma História Ótima!

      Chamas da Noite realmente contém uma história ótima! Não conhecia o livro e foi através da maratona literária que tive o privilégio de conhecer.
      A princípio o livro mostra que é um romance que envolve um triângulo amoroso, mas sem que o leitor perceba, a autora Cristiane Krumenauer, muda o cenário da história e o leitor entra em um romance policial totalmente inesperado e fabuloso.
     Simone Magalhães é uma jovem milionária que além de ser herdeira de um grande império dos calçados, também é dona de uma grife na cidade de Pelotas e também de uma fábrica em São Paulo.
     Convencida que está vivendo a melhor fase da sua vida, com lucros financeiros altíssimos e com seu namorado Gabriel cursando medicina na mesma universidade, onde ela cursa administração, Simone fica totalmente arrasada quando ela flagra Gabriel no estacionamento do Shopping beijando Maria Luísa, uma moça simples que também está cursando medicina e que ajuda os pais em uma cafeteria.
    Totalmente inconformada por ter sido trocada, Simone vai até a cafeteria dos pais da Maria Luísa e no ato de insanidade, incendeia o local por vingança, matando várias pessoas.
    Porém Simone não imaginava que Fernando, um detetive particular que foi contratado para investigá-la estava presenciando todas suas maldades, pois Simone está envolvida num possível trabalho escravo com alguns imigrantes Bolivianos ilegais no Brasil.
    É o segundo livro que leio que possui vários personagens e todos eles mostram seus pontos de vista. Para ser sincera, eu gostei desse detalhe porque eu conheci a história por vários ângulos e a autora Cristiane não deixou nenhuma falha na trama.
    Gabriel ficou encantado por sua amiga Maria Luísa, pois ela é totalmente diferente de Simone, mostrando que desde o inicio do livro, ele queria simplicidade em vez do luxo que Simone proporcionava. Já Maria Luísa mostrou ser uma jovem simples, mas com uma personalidade forte e bastante decidida na suas opiniões.
    Contudo o destaque no livro é a Simone que era uma jovem mimada, acostumada a ter tudo que deseja e durante a leitura vai se tornando uma vilã com pensamentos sórdidos e com atitudes sem nenhum escrúpulo.
     Os demais personagens secundários também foram muito bem construídos, um exemplo disso, é o personagem Afonso, o braço direito de Simone na fábrica em São Paulo que merece ser destacado e tem um papel bem importante na trama.
     Terminei o livro aliviada, achando o final formidável e com uma sensação que a justiça foi alcançada para cada personagem.
     Então... Leitura muito bem concluída e recomendada para quem adora romance nacional.




    . Sobre a Autora: 


 Cristiane Krumenauer é romancista, contista e professora de Literatura, com diversos trabalhos publicados em revistas virtuais de graduação e pós-graduação. É formada em Letras pela Unisinos, especialista em Literatura pela UFRGS e mestre em Linguagem, Interação e Processos de Aprendizagem pela Unirriter. Em 2010, representou o Brasil no Congresso de Literatura Ibero-americana, realizado na Universidad San Tomás, em Bogotá, Colômbia, expondo sobre os contos de Machado de Assis.
     A autora nasceu no interior do Rio Grande do Sul, mas desde crianças, graças à vida profissional do pai, e depois, por causa do marido, que ´´e militar, sempre conheceu diferentes localidades, culturas e estilos de vida, além de aspecto da segurança nacional e internacional, o que inspirou na criação de romances policiais, como Chamas da Noite.

    Visite também o Blog da autora: cristianekrumenauer.blogspot.com.br/



      Bom... É isso!
      Gostaram?
      Já leu Chamas da Noite? 
      Então  deixe um comentário, contando o que você achou dele. 
      Pode ter certeza que vou adorar ler.