29 abril 2016

[ Resenha ] Os Goonies | James Kahn



    Olá Pessoal!
    Tudo bem?
    Espero que esteja tudo bem.
    Hoje eu venho deixar minha resenha do livro Os Goonies, criado pelo Steven Spielberg, escrito pelo James Kahn e publicado pela Editora Darkside.
    Venha e conheça minha opinião.




“ Se houvesse alguma ferrovia na cidade, nós provavelmente estaríamos do lado errado, pelo menos é o que pensariam  as pessoas que fazem parte do Country Club Hillside. 
Eles são os únicos que chamam isto aqui de Docas Goon e chamam a nossa gente de Goons. 
Tudo bem por nós, no entanto, porque gostamos de quem somos. Por isso chamamos a nossa turma de os Goonies.” 
 ( pág. 14 )



. Dados Sobre o Livro:

- Criado por: Steven Spielberg
- Autor: James Kahn
- Editora: Darkside
- 1ª Edição
- Ano: 2012
- 240 Páginas
- Traduzido pela: Cecília Giannetti
- ISBN: 9788566636093
- Sinopse:
É verão na pequena cidade costeira de Astoria e os Goonies estão preocupados. Poderosos corretores de imóveis ameaçam ocupar o bairro de Goon Docks para transformá-lo num grande loteamento. É quando Mikey encontra um velho mapa de piratas e os garotos saem à procura do tesouro que poderá salvar suas caras. Só que não esperavam encontrar esqueletos armados de espada, uma passagem subterrânea cheia de armadilhas e uma perigosa quadrilha de falsários, ansiosos por eliminar os Goonies. Mas o grupo fez um juramento de continuar unido, houvesse o que houvesse... E foi a sorte deles, porque ia começar o período mais incrível de suas vidas...
FAÇA O JURAMENTO. JUNTEM-SE À AVENTURA.



“ Se eu encontrasse qualquer tesouro com aquele mapa,” eu disse, “eu pagaria as contas todas do pai e compraria a hipoteca, e então talvez ele conseguiria dormir à noite, em vez de ficar sentado, tentando encontrar uma maneira de ficarmos aqui.”  
( pág. 47 ) 
 



Campeão da Sessão da Tarde

      Ler Os Goonies trouxe um gostinho de infância novamente na minha vida. Aquela que eu ficava eufórica quando descobria que iria passar o filme Os Goonies durante a sessão da tarde e teria que inventar uma pequena mentira, uma dor de cabeça para não ir à escola  e milagrosamente sarava  quando sentava no sofá da sala na casa da minha mãe para  apreciar um dos meus filmes favoritos.
     É pessoal, eu fiz isso com meus pais, principalmente quando descobria que iria passar Os Goonies ou qualquer filme da série Indiana Jones. Eles eram e ainda são um dos filmes  prediletos que nunca canso de assistir. E agora... Depois de anos, ter o livro na minha estante e contemplar a história é uma sensação inexplicável.
    A história é contada pelo ponto de vista do Mikey, um garoto de treze anos que estava triste ao descobrir que sua família juntamente com outros moradores da área Docas Goons estavam prestes a serem despejados de suas casas pelos membros do Country Club Hillside.
    Após algumas audiências, o juiz decretou que os moradores poderiam comprar suas próprias hipotecas. Como os moradores não tinham dinheiro o suficiente, os membros do Club Hillside iriam executar as hipotecas para destruir as casas e expandir um campo de golfe. Com essa situação, Mikey sabia que seu grupo chamado Goonies iria terminar.
    Durante uma tarde, Mikey, Gordo, Bocão, Dado e Brand resolvem ir ao sótão da casa de Mikey e Brand  para mexer nas quinquilharias que o pai dos garotos, trouxe do museu  histórico quando foi reformado e encontraram um velho mapa do tesouro todo escrito em espanhol, assinado pelo pirata Willy Caolho, junto com um dobrão com a data 1532.
   Willy Caolho foi um famoso pirata da época, que conquistou milhões em tesouros e  escondeu seu navio dentro de uma imensa caverna, porém soldados do rei, tamparam a entrada da caverna trancando o navio de Willy lá dentro.
    Então, Mikey tem a idéia dos amigos  terem sua última aventura e tentar encontrar o tesouro de Willy Caolho. Assim eles poderiam pagar as contas e permanecer juntos nas Docas Goons.   Entretanto, Brand proíbe  Mikey de sair de casa, pois  a mãe deles o deixou tomando conta da casa.
    Para se livrar de Brand, os quatro amigos prende o rapaz na cadeira e seguem de bicicleta até o litoral para iniciar a busca ao tesouro como está marcado no mapa do Willy Caolho, mas encontram um misterioso restaurante abandonado que está servindo de esconderijo para a família Fratelli e os goonies precisam entrar no restaurante para descobrirem como chegar ao tesouro.
    Os Goonies mostram o verdadeiro sentido da amizade, união e esperança, deixando o preconceito de lado de forma encantadora. É muito bom quando uma leitura consegue envolver completamente nas primeiras páginas, evoluindo de maneira fiel ao filme e descrevendo as cenas detalhadamente.
    Os personagens principais são identificados claramente, o Mikey narrando a história de forma  tímida, o Bocão bastante tagarela, Dado mostrando suas invenções e o inesquecível Gordo com suas famosas mentiras.
    No livro contém um capítulo especialmente para o Gordo, onde ele narra os acontecimentos com a família Fratelli. São trechos  hilários que não consegui conter as gargalhadas. Foi sensacional conhecer o ponto de vista do Gordo, meu personagem preferido.
    Eu adquiri a edição econômica, mas afirmo em dizer que é bastante caprichada. Apenas não contém o mapa do Willy Caolho separado e não possui capa dura como a edição de luxo, ainda sim, é um livro valioso para coleção.
    Enfim... Se você é fã dos Goonies ou para aqueles que nunca tenham visto o filme, vocês precisam ler este livro e assistam o filme também.
    Eu recomendo os dois, tanto o filme quanto o livro vale a pena ter em casa.



“ Eu jamais trairei meus amigos das Docas Goon,
  Juntos ficaremos até o mundo inteiro acabar,
  No céu e no inferno e na guerra nuclear,
  Grudados feito piche, como bons amigos iremos ficar,
  No campo ou na cidade, na floresta, onde for,
  Eu me declaro um companheiro Goony
  Para sempre, sem temor.”  
 ( pág. 115 )


      
       . Sobre o Autor: 

       James Kahn nasceu em Chicago (EUA) em 1947, é médico e escritor. Realizou diversas novelizações de filmes como Os Goonies, Indiana Jones e o Templo da Perdição, Poltergeist e Star Wars. Para a televisão, colaborou em séries como Plantão Médico, Star Trek: Nova Geração, Xena e Melrose Place, série que também produziu. 

       Steven Allan Spielberg, KBE (Cincinnati, 18 de dezembro de 1946) é um cineasta e empresário norte-americano. Spielberg é o diretor que mais tem filmes na lista dos 100 Melhores Filmes de Todos os Tempos, feita pelo American Film Institute, e é considerado por muitos, inclusive por críticos de renome, um dos melhores diretores de cinema de todos os tempos.

       . Já leu Os Goonies?
       . Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.


 renata massa