31 de julho de 2016

[ Lidos do Mês ] Julho – 2016



   Oi Pessoal!
   Tudo bem?
   Espero que esteja tudo ótimo.
   Hoje eu vou falar sobre as minhas leituras do mês de Julho para concluir o mês  como sempre faço. Neste mês de férias eu consegui ler bastante. Li  seis livros e  mais um conto para o desafio do Edgar allan Poe.
   Venha conferir:




. Alameda dos Pesadelos

( Karen Alvares )

   Iniciei o mês com uma história instigante em formato digital. A autora Karen soube trabalhar muito bem a trama misturando um romance espírita com suspense, a narrativa foi bem  envolvente e conseguiu transmitir uma grande mensagem. 
   A evolução da  personagem Vivian foi surpreendente e o protagonista Gabriel provocou alguns momentos de muita raiva, mas terminei o livro sentindo pena dele e desejando ter o livro impresso. 




. Amores Desencontrados

 ( Simone Borges )

   Depois li um romance erótico com uma história bem agradável e um enredo bem apimentado. A Simone tem uma escrita bem construída e intercalou cada capítulo narrado entre a Mônica, Samuel, Eduardo e Susi. 
   Eu achei a Mônica um pouco ingênua com as maldades do Eduardo e assustada com o jeito impulsivo de Samuel. Mônica precisou quase perder Samuel para enxergar o amor que sentia por ele. Já a Susi  trouxe uma personalidade fortíssima e não consegui enxergá-la como vilã do casal, porque Eduardo teve atitudes bem piores. 





 . Enquanto Houver Amor Haverá Esperança

   (  Sarah Kilimanjaro )

    Também li um romance espírita com uma bela história de superação que me fez rever algumas atitudes. A Sarah contém uma escrita leve e compreensível, porém alguns trechos ficaram pouco explorados na história.
    Um exemplo disso foi com a Erika e Maurício  que são personagens completamente opostos e a Sarah poderia ter enriquecido muito mais o enredo destacando com a personalidade deles.




. Amante da Fantasia

 ( Sherrilyn Kenyon )

   Eu simplesmente adorei  ler o romance que a Sherrilyn criou. Os personagens são envolventes, engraçados e são tão agradáveis que a história desenvolve rápido. 
   A Grace é um amor de personagem, decidida e determinada. Agora Julian, além de ter um jeitinho encantador, ele proporcionou trecho bem divertidos e dei muitas risadas durante a história. 
  Vale a pena.







  . Escaravelho de Ouro

  ( Edgar Allan Poe )

    Estou firme e forte no desafio #12mesesdepoe. 
    Este mês li o sétimo conto do desafio que contou a história de três amigos que embarcaram em uma aventura com direito a caça ao tesouro repleta de mistérios.  



               Resenha do Conto




. As Letras dos Beatles

  ( Hunter Davies )

   Mais uma biografia que entrou na minha lista de livros favoritos.
   Achei a edição espetacular, com uma escrita bem dinâmica e que desenvolve com facilidade.
   Vale a pena ter na estante e recomendo principalmente para quem são fãs dos Beatles.



                  Resenha do Livro


    Mês de Julho concluído aqui no blog e para minha alegria, no último dia do mês como eu tinha planejado.
   Eu espero que tenham gostado dos  pequenos  comentários de cada leitura que passou durante o mês.
    
  E que venha às leituras de  Agosto!


     Já leu algum desses livros?
     Então me conte o que achou deles.
     Vou adorar ler seu comentário.



30 de julho de 2016

[ Caixa de Correio ] Julho - 2016


    Olá Pessoal!
    Tudo bem?
     Hoje eu vou mostrar a caixinha de correio do mês de Julho, que será minhas futuras leituras e serão resenhados  em breve.
     Venha conferir:


29 de julho de 2016

[ Resenha ] As Letras dos Beatles – A História por Trás das Canções | Hunter Davies



    Olá Pessoal!
    Tudo bem?
    Hoje eu trago para vocês, minha resenha do livro As Letras dos Beatles - A História por Trás das Canções, escrito pelo Hunter Davies e publicado pela Editora Planeta do Brasil.
    Venha conhecer minha opinião.


 “ Uma das Coisas marcantes sobre o fenômeno Beatles é que, quando mais nos afastamos deles no tempo, maiores eles se tornam.” 
( Hunter Davies – pág. 01 )



. Dados Sobre o Livro:

- Título Original: The Beatles Lyries
- Autor: Hunter Davies
- Editora: Planeta do Brasil
- 1ª Edição
- Ano: 2016
- 376 Páginas
- Tradução de: Maria da Anunciação Rodrigues

- Onde comprar: SubmarinoFolha | Travessa

 . Sinopse:

Pela primeira vez, as versões originais das letras de músicas essenciais dos Beatles são agrupadas em livro após exaustiva pesquisa. Além disso, As letras dos Beatles traz várias delas que nunca haviam sido publicadas. Esses documentos hoje pertencem a colecionadores e a amigos dos Beatles, muitos deles sob a custódia de museus e universidades mundo afora.
Hunter Davies conviveu com os Beatles no apogeu da banda e escreveu sua primeira e única biografia autorizada. Desde então, pesquisou e encontrou mais de cem letras de suas músicas, escritas à mão, que são reproduzidas aqui.
Os Beatles compunham a qualquer hora, em qualquer lugar: as músicas podiam começar no verso de um envelope, num guardanapo ou num papel de carta de hotel. Esses escritos, entre eles vários rascunhos e versões revisadas, propiciam uma visão única e íntima do marcante processo criativo dos maiores compositores de música popular de todos os tempos: o que eles pensavam, como mudavam de ideia e de que maneira realizavam letras de músicas hoje conhecidas em todo o mundo.
Cada música é considerada aqui em seu contexto: o que os Beatles estavam fazendo naquele momento, como compuseram e gravaram a faixa, como a primeira versão difere da finalmente gravada. Quase todas as canções dos Beatles têm uma grande história por trás delas, de “Yesterday” e “Eleanor Rigby” a “Yellow Submarine”. Embarque nesta viagem aos bastidores destas obras-primas do pop.



“ O manuscrito, que John me deu ( hoje parte da coleção da Biblioteca Britânica), é um dos primeiros rascunhos, sem o verso When I was a boy.” 
 ( Hunter Davies – pág. 164 )

Rabiscos que Valem Ouro

      Quando eu recebi o livro As Letras  dos Beatles, meu maior interesse era conhecer mais  sobre os garotos de Liverpool que se tornaram o maior fenômeno mundial. Entretanto, encontrei um livro espetacular, principalmente para quem são fãs dos Beatles.
      O autor e jornalista Hunter Davies, procurou mostrar na sua obra literária, a simplicidade que os Beatles tinham em  compor as músicas em qualquer lugar.   
      É difícil imaginar, mas é pura verdade que a maioria das músicas foram escritas de formas simples, muitas vezes em pequenos trechos como um rabisco na parte de trás de um envelope, num guardanapo, folhas de caderno ou brancas e manchadas de borrões.
     Na época, Hunter passou 18 meses entre 1967 e 1968, acompanhado John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison, recolhendo informações através de entrevistas, turnês, fotos e até papéis que a banda jogava fora.
     O material exclusivo também contém cartazes, bastidores dos shows, gravações em estúdios e viagens.
    Além de encontrar mais de cem músicas, o próprio Hunter Davies acrescentou uma letra de música inédita, escrita por George Harrison. Também achará imagens das canções originais escritas com as caligrafias dos próprios cantores e histórias por trás de algumas das músicas.  
    Uma dessas histórias foi descobrir que a música Hey Jude foi escrita por Paul para suavizar a aflição de Julian, filho de John Lennon que na época tinha cinco anos. Paul foi visitá-lo, depois que John havia divorciado de Cynthia para ficar com a Yoko. Essa e outras curiosidades são expostas neste livro que mostrou durante a leitura uma verdadeira viagem no tempo com um prato cheio de curiosidades sobre a origem das canções que consagraram os Beatles.
  A edição contém folhas brancas e bem  resistentes e diagramação  impecável. A escrita do autor Hunter  Davies é bem dinâmica e desenvolve  com facilidade.
   Enfim... É um livro sensacional! Eu recomendo para todos os fãs dos Beatles e que apreciam biografias de boa qualidade. Vale a pena ter na estante.


 

 Livro fornecido gentilmente pela Editora Planeta do Brasil e Blog Doces Letras.




“ Eles tinham muito tempo livre para tocar, refletir e estar uns com outros.
 O resultado foi que voltaram aos métodos anteriores de composição – em vez de ficar entocados em suas mansões ou enfiados num estúdio com prazos e a última parafernália eletrônica, podiam se sentar em roda com violões, fazendo músicas.” 
( pág. 262 )

    
   . Sobre o autor:


     Hunter Davies é autor de mais de quarenta livros, entre romances, histórias para crianças e obras sobre viagens, história social e esporte. Escreveu diversas biografias – incluindo a única biografia autorizada dos Beatles. Editou ainda As cartas de John Lennon (livro publicado no Brasil pela Editora Planeta). Como jornalista, trabalhou no Sunday Times por muitos anos, e também na revista Punche no jornal The Guardian.


    Essa resenha também está no blog Doces letras, onde participo como colaboradora do blog.




    - Já leu As Letras dos Beatles?
    - Então conte o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.


26 de julho de 2016

[ Resenha ] Desafio de Leitura #12mesesdepoe – O Escaravelho de Ouro



   Olá Pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu estou trazendo a Sétima resenha do projeto de Leitura Coletiva das Obras de Edgar Allan Poe, organizado pelo Blog da Anna Costa.
   Venha e conheça minha opinião.




25 de julho de 2016

[ Resenha ] Amante da Fantasia | Sherrilyn Kenyon


   Olá Pessoal!
   Tudo bem?
   Espero que esteja tudo bem.
   Hoje vou deixar minha resenha do livro Amante da Fantasia, escrito pela autora Sherrilyn Kenyon e publicado pela Editora Novo Século.
   Venha conhecer minha opinião.



 “ Ao sentir o livro aquecer-se sob a mão, ela instintivamente soube que era a maneira de Julian concordar com o que dissera.” 
( Pág. 19 )

. Dados Sobre o Livro:

- Título Original: Fantasy Lover
- Autora: Sherrilyn Kenyon
- Editora: Novo Século
- 1ª Edição
- Ano: 2012
- 336 Páginas
- Tradução de: Paula Rotta

. Sinopse:  

 Ficar preso em um quarto com uma mulher é algo formidável. Ficar preso em centenas de quartos durante mais de dois mil anos não é. E ser amaldiçoado dentro de um livro como um escravo sexual pela eternidade pode arruinar até mesmo o dia de um guerreiro espartano. Como escravo sexual, eu sabia tudo a respeito das mulheres. Como tocá-las, como saboreá-las e, principalmente, como satisfazê-las. Porém, quando fui evocado para realizar as fantasias sexuais de Grace Alexander, encontrei a primeira mulher na história que me enxergou como um homem com um passado atormentado. Só ela se importou em me tirar do quarto, levando-me para o mundo. Ela me ensinou a amar outra vez. Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui condenado a uma solidão eterna. Como general, eu tinha aceitado minha sentença havia muito tempo. Porém, agora encontrei Grace... a única coisa sem a qual meu coração ferido não é capaz de sobreviver. Com certeza, o amor pode curar todas as feridas, mas poderá também romper uma maldição de dois mil anos?


“ Julian olhou para ela, incapaz de encontrar as palavras que pudessem exprimir o que sentia. 
Estivera preso no livro por tanto tempo que tudo o que desejava fazer era correr ou pular.
 Queria fazer qualquer coisa para celebrar sua repentina liberdade de movimento.” 
( pág. 53 )

Mitologia de Forma Picante!

     Quer conhecer um pouco de mitologia grega de forma bem  romântica, divertida e comovente? Pois é isso que o Amante da Fantasia proporcionou para minha leitura.
     Grace Alexander, é uma sexóloga que após uma desilusão amorosa, resolveu se guardar para alguém que realmente valesse a pena amar.
     Só que sua amiga Selena, nada satisfeita com a situação, presenteia Grace com um livro grego mágico, onde contém um escravo sexual. Este escravo é nada mais, nada menos que Julian da Macedônia. Um guerreiro espartano, que foi condenado e amaldiçoado com um feitiço de servir a mulher que o invocasse na lua cheia durante um mês.
     Mesmo não acreditando na história em torno do presente que Selena tinha dado, Grace invoca Julian que aparece na frente dela. Mas Grace recusa a usá-lo como escravo sexual e passa a tratá-lo como um homem comum.
     Essa situação deixa Julian totalmente estranho e sem lugar, pois nenhuma mulher o tinha tratado nesta maneira até o momento.
     O que mais gostei na história foi à maneira que Julian e Grace foram conquistando um ao outro. O amor deles foi crescendo de forma bastante carinhosa e a relação deles conquistaram também humor, cumplicidade e companheirismo. Tudo que Grace desejava num relacionamento.
    A leitura consegue fluir rapidamente e os personagens são tão agradáveis que a história tem um desenvolvimento rápido. A Grace é um amor de personagem, muito carismática e o jeito encantador de Julian e ao mesmo tempo, totalmente perdido  com a modernidade, deixou a história bem divertida, bastante quente e sem vulgaridades. Eu simplesmente adorei!
    Recomendo a leitura para todos os leitores que adoram romances hots com trechos bem divertidos. Este livro consegue proporciona horas de leituras agradáveis. Vale a pena.



“ Eu esperei dois mil anos por você, Grace Alexander. 
E você fez valer a pena cada segundo.” 
( Julian – pág. 329 )

  . Sobre a autora:



   Sherrilyn Kenyon é uma escritora best-seller e premiada de ficção e não ficção. Sob seu próprio nome, ela escreve Urban Fantasy , mas é mais conhecida por sua série Dark Hunters.Sob o pseudônimo Kinley MacGregor, ela escreveu livros históricos também com elementos paranormais.Kenyon tem seguidores internacionais, com mais de vinte milhões de cópias impressas em mais de trinta países.Em ambos os nomes, seus livros aparecem no topo do New York Times , Publishers Wekly.

  - Já leu Amante da Fantasia?
  - Então conte o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.




21 de julho de 2016

[ Sorteio ] Aniversário de 4 Anos do Blog Milkshake de Palavras

   Olá Pessoal!
   Tudo Bem?
   Espero que esteja tudo bem.
   Hoje, dia 21 de Julho de 2016, o blog Milkshake de Palavras completa quatro aninhos! YEY!
   E para não deixar a data passar em branco, o Histórias Existem Para Serem Contadas, e  mais 22 blogs se juntaram em uma grande festa para presentear você, nosso leitor ?

19 de julho de 2016

[ Lançamento ] O Homem Que Caiu na Terra - Walter Tevis



    Olá Pessoal!
    Tudo bem?
    A Editora DarkSide vai resgatar as origens do mestre camaleão David Bowie  e sua incursão no mundo da sétima arte. Conheça  O Homem Que Caiu Na Terra um verdadeiro clássico da literatura escrito pelo Walter Tevis que tornou-se uma das mais refinadas e delicadas ficções científicas, que terá lançamento previsto dia 15 de Agosto.
   Venha conferir:


18 de julho de 2016

[ Resenha ] Enquanto Houver Amor Haverá Esperança | Sarah Kilimanjaro



    Olá pessoal!
    Tudo bem?
    Espero que esteja tudo bem.
    Hoje eu vou deixar a minha resenha sobre o livro Enquanto Houver Amor Haverá Esperança psicografado pela  Sarah Kilimanjaro, pelo espírito de Vinícius e publicado pela Petit Editora.
    Venha conhecer minha opinião.



  “A sorte é como um raio, não cai no mesmo lugar. 
Preciso aproveitar essa chance e me aprimorar ao máximo para ser um bom profissional na área.”
 ( Alex – pág. 10 )


. Dados Sobre o Livro

- Autora: Sarah Kilimanjaro
- Editora: Petit
- 1ª Edição
- Ano: 2015
- 304 Páginas
 
- Onde Comprar: Amazon Americanas | Loja da Petit

. Sinopse:

Até que ponto alguém consegue superar suas dores?
Por que uns têm coragem e seguem em frente apesar de todas as dificuldades e outros caem em desânimo?
Esta é a linda história de Erika e Maurício, uma história de coragem, persistência e superação.
Erika quando criança sofre um grave acidente que a deixa paraplégica, porém com o amor dos pais, dedicação dos médicos e coragem da menina ela consegue superar suas limitações.
Maurício é um famoso e admirado corredor de automóveis, mimado, tendo tudo nas mãos, se deixa cair no desânimo quando um acidente o deixa fora de seu “mundo ideal”.
Duas histórias que se cruzam, e com resultados diferentes.
Conheça essa comovente história e saiba por que enquanto houver amor há esperança!


“É pelo amor que aplacamos ódios, é através do amor que aprendemos a perdoar, é por amor que conhecemos o que é doação, dedicação e desinteresse.”
 ( pág. 23 )


 Amor e Superação

     O livro Enquanto houver Amor Haverá Esperança traz uma bela história de superação que me fez rever algumas atitudes, mas não imaginava que iria conseguir comover meus sentimentos profundamente.
     A história inicia-se  com  jovem casal Alex e Viviane, totalmente apaixonados planejando o futuro deles.  Após cinco anos, Alex e Viviane estão casados, estabelecidos e são pais de uma linda garotinha de cinco anos chamada Erika.
    Certo dia, Viviane pegou o carro de Alex, levou Erika ao colégio e  foi ao centro comercial com uma amiga, enquanto Alex ficou em casa trabalhando no projeto que levaria para o escritório no período da tarde.
    Ansioso com a demora da esposa, Alex estava quase pegando um táxi para ir ao escritório, quando recebeu um telefonema da Viviane informando que Érika estava no hospital por causa de um acidente na porta do colégio. 
    Erika atravessou a rua  para encontrar uma amiga e por imprudência, não olhou para os lados e acabou sendo atropelada ao sair da escola.  Apesar da cirurgia ser um sucesso, Erika ficaria algum tempo sem caminhar e passaria por uma lenta recuperação, o que deixou os pais esperançosos pelo futuro da filha.
     Enquanto os anos foram passando Erika foi crescendo tendo o apoio dos pais, conhecendo a doutrina espírita e mostrando ter muita perseverança. Decidida em fazer o bem, Erika resolveu prestar vestibular para medicina e tornou-se voluntária no centro de recuperação para portadores de deficiência na Instituição Espírita.
  Um dia, Erika estava na instituição quando Maurício, um famoso corredor de carros automobilísticos, chegou a clinica após sofrer uma grave lesão na coluna. Durante a chegada dele, Erika sentiu uma forte emoção, contudo Mauricio totalmente desgostoso com sua nova realidade tratou a jovem com arrogante.
    Mas após alguns dias, Mauricio repensou seus conceitos e começou aproximar de Erika em forma de amizade com uma forte atração.
    Achei a escrita da autora leve e compreensível. O enredo tem um desenvolvimento muito bom, porém alguns trechos ficaram pouco explorados.
    Erika e Maurício são personagens completamente opostos, enquanto Erika mostrava maturidade e  um lado positivo, Maurício estava profundamente depressivo e  negativo. O casal passou por muitos altos e baixos para derrubar a muralha e cumprir suas metas para adquirir crescimento espiritual.   
    O livro possui folhas brancas, a cada início dos capítulos as folhas contêm detalhes de flores, a diagramação está ótima e a capa é maravilhosa, conseguindo despertar interesse nos leitores que apreciam o gênero romance espírita.
   Recomendo.



Livro fornecido gentilmente pela Petit Editora.


“ Muitos não creem no amanhã, e, no entanto, o amanhã é vital, é um novo tempo. 
O homem caminhará ultrapassando o umbral da matéria transitória nesta viagem pelo orbe terrestre.” 
( pág. 173 )


     . Sobre a Autora:



       Sarah Kilimanjaro nascida e residente da cidade de Bagé, Estado do Rio Grande do Sul. Professora na área de pedagogia e pós – graduada em psicopedagogia. Palestrante ativa, atua no movimento espírita desde jovem. Escreveu vários artigos publicados em jornais e revistas espíritas. Ocupou funções como presidente da Sociedade Espírita Vicente de Paulo e vice- presidente da UME – União Municipal Espírita – órgão ligado a Federação do Rio Grande do Sul.

  - Já leu Enquanto Houver Amor, Haverá Esperança?
  - Então conte o que achou dele. Vou adorar ler sua opinião.


13 de julho de 2016

[ Lista ] 5 Bandas que Faz Parte da Minha Playlist



   Olá Pessoal!
   Tudo bem?
   Espero que esteja tudo bem.
   Hoje é Dia de Rock, Bebê!
   E para comemorar a data, vou mostrar as cinco Bandas Favoritas da minha playlist. Infelizmente a maioria ficará de fora, senão o post ficará enorme.
   Venha conferir as minhas Favoritas.



9 de julho de 2016

[ Lançamento ] Valiant - Laurann Dohner



     Olá Pessoal! 
     Tudo bem?
     O Novo livro da série Novas Espécies, já está em pré - venda. Valiant está sendo publicado pela Editora Universo dos Livros e tem previsão de lançamento dia 26 de Agosto.
     Venha conferir:


8 de julho de 2016

[ Lançamento ] Confissões do Crematório - Caitlin Doughty



     Olá Pessoal!
     Tudo bem?
     Conheça  Confissões do Crematório, o novo lançamento da Editora Darkside  que está previsto para dia 25 de Julho.



Um livro para quem planeja morrer um dia

7 de julho de 2016

[ Resenha ] Amores Desencontrados | Simone Borges



   Olá Pessoal!
   Tudo bem?
   Espero que sim.
   Hoje, eu trago para vocês a resenha do livro Amores Desencontrados da autora Simone Borges, publicado pela SPZ Editora.
   Venha conhecer minha opinião.



 “ Não acredito que você está me dizendo isso, Lucas!
 Depois de tudo que passamos, tudo que fiz para encontrá-la, nunca tive uma pista sequer de onde ela estava! 
O tanto que sofri com isso, e agora, você vem com essa de que ela não precisa de nós.”
 (  Samuel – pág. 21 )

6 de julho de 2016

[ Lançamento ] Lead – Kylie Scott



    Olá Pessoal! 
    Tudo bem?
    O Novo livro da série Stage Dive, já está em pré - venda. Lead está sendo publicado pela Editora Universo dos Livros e tem previsão de lançamento dia 26 de Agosto.
   Venha conferir:

4 de julho de 2016

[ Resenha ] Alameda dos Pesadelos | Karen Álvares



   Olá Pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu vou deixar minha resenha do livro Alameda dos Pesadelos da autora Karen Álvares da Editora Cata – Vento.
   


- Título: Alameda dos Pesadelos
- Autor: Karen Álvares
- Editora: Cata-vento
- 1ª Edição
- Páginas: 157
- Ano: 2014
- Sinopse: Vívian era apenas uma mulher solitária, com uma vida normal, presa em sua rotina sem graça, até a noite em que presencia um acidente. A partir daí seu pesadelo começa; ela passa a ter visões de um homem que conheceu no passado e desejava nunca mais encontrar. E o pior: ele quer vingança. Até que ponto um pesadelo é fruto da imaginação? Vívian descobre que o limite entre a alucinação e a realidade é tão pequeno que a loucura está a apenas um passo de distância e o pesadelo pode estar escondido na nossa mente, como um monstro à espreita, esperando sua chance de despertar. E para escapar do seu horror particular, Vívian precisará entender quais foram seus erros. E finalmente aceitar a própria culpa.