30 outubro 2016

[ Lidos do Mês ] Outubro – 2016



       Oi Pessoal!
       Tudo bem?
       Espero que esteja tudo ótimo.


       Hoje eu  vou falar sobre as minhas leituras do mês de Outubro, para concluir o mês  como sempre faço.
       Todas as leituras foram dedicadas ao mês do terror, por causa do Halloween. Todas elas foram incríveis, pois havia um tempo que tinha comprado e ganhado de presente alguns livros e estava ansiosa para ler.
       Venham conferir, os livros e contos que passaram aqui no blog e quem sabe vocês ficam interessados pelas obras também.
       



   . Hellraiser

  ( Clive Barker )

   Iniciei o mês do Halloween, lendo Hellraiser e conhecendo universo dos Cenobitas. Eu fiquei tão fascinada com a história que também tenho uma caixa de Lemarchand. Só que não tenho a coragem do personagem Frank Cotton, que desvendou o quebra cabeça da caixa. A leitura é bastante instigante e mesmo tendo duas diferenças bem notáveis com o filme, ainda ficou impossível de dar uma pausa durante a leitura. Vale a pena, principalmente para quem conheceu os filmes durante a adolescência, assim como eu, é fantástico ter essa obra prima nas mãos.





  . Caixão Quadrangular

      ( Edgar Allan Poe )

    Trouxe rapidamente o conto Caixão Quadrangular  para o blog, pois esse  é o nono conto do desafio  Leitura Coletiva das Obras de Edgar Allan Poe e estava atrasada com ele por causa do Projeto Setembro Nacional que participo. O conto contém uma história legal, vai revelando detalhes sobre o relacionamento  do Sr. Wyatt e sua esposa durante a viagem, até surpreende no final, mas  achei um fraco. Não deixou um impacto forte como Metzengerstein, Hop – Frog ou Coração Denunciador, porém não é ruim.




   . Psicose

  (  Robert Bloch )


    A próxima leitura foi Psicose, que saciou as minhas expectativas. Realmente não foi à toa que Alfred Hitchcock ficou instigado com a história e transformou-a num ícone do cinema. Pois o aspecto psicológico do Norman chama bastante atenção por causa do transtorno de personalidade múltipla. Mostrava ser um homem indefeso, oprimido e controlado pela mãe, mas também era um homem assombrado por questões que parecia ser muito além da sua compreensão. Só lendo que o leitor conseguirá entrar totalmente na mente de Norman e entender melhor a loucura e os traumas que ele possui. Vale a pena conferir.
 



.  A Noite dos Mortos-Vivos e A Volta dos Mortos-Vivos

       ( John Russo )

     Em seguida, a literatura me fez viajar para 1968 para conferir a obra prima em relação aos zumbis, ou melhor, os mortos-vivos quando foram apresentados pela primeira vez. A Noite dos Mortos – Vivos contém uma leitura é ágil, o enredo criou um clima de tensão em vários trechos, principalmente nos conflitos que aconteceram com as pessoas que estavam dentro da casa rodeada por mortos vivos.  Contudo, A Volta dos Mortos-Vivos a história está bem elaborada, mostrando o comportamento humano diante ao extremo e não concentrou apenas em um único local. Os personagens foram divididos, alguns permaneceram trancados, escondendo das atrocidades, alguns tentando encontrar outros sobreviventes e outros aproveitando da situação para praticar monstruosidades. Recomendo este clássico!




  .  Órfão X

    ( Gregg Hurwitz )

    Na minha próxima leitura, eu surpreendi com uma história fantástica, onde garotos são treinados até a idade adulta em um programa  do governo americano chamado Órfão, que os transformam em assassinos totalmente perigosos e eficientes. Fiquei positivamente impressionada com a riqueza de detalhes que contém a história. A narrativa de Gregg é eletrizante, repleta de ação e suspense que prende atenção. Evan ou Órfão X é aquele tipo de personagem que tem tudo planejado, meticuloso e impressiona com suas atitudes, mas  também demonstrou  ter um coração enorme. Adorei!




   . Berenice

   ( Edgar Allan Poe )

    Poe retornou ao blog pela segunda vez, para o décimo conto do desafio  Leitura Coletiva das Obras de Edgar Allan Poe. Berenice tem uma forma poética encantadora. Edgar fez Egeu narrar aparência de Berenice e na obsessão pelos dentes dela no trecho da biblioteca  de maneira totalmente arrepiante. Deixou a história extremamente espantosa e enriquecedora. Se ainda não conhece a escrita de Poe, adicione na sua meta de leitura porque é fascinante!





   . Sexta- Feira 13: Arquivos de Crystal Lake

       ( David Grove )

      E para finalizar as leituras de Outubro, eu li o livro que ganhei de presente de casamento. Além de ser fã dos filmes da franquia sexta-feira 13, o livro serviu para guardar uma lembrança boa, da época que comecei a ter meu lado Dark para o cinema, quando ficava nas férias durante minha adolescência, assistindo filmes de terror e suspense pela madrugada.  O livro simplesmente é repleto de arquivos com depoimentos, bastidores, explicações de várias cenas, imagens espetaculares dos atores e cenário na floresta, lago e acampamento durante toda a produção do primeiro filme Sexta- Feira 13. Também contém informações extras como cronograma das filmagens, filmografias e cartazes de todos os filmes já produzidos, além de obter várias curiosidades interessantes. Uma delas foi à seleção da atriz Betsy Palmer para o elenco do filme que revitalizou o elenco e a equipe de produção enquanto atuou como a mãe de Jason. Achei o livro incrível!




       As leituras do mês  de Outubro foram concluídas, mas o gênero do terror e suspense vai continuar com presença forte aqui no blog. Especialmente no Clube do Medo, lugarzinho que guardo todos obscuros da minha estante do terror.
     Espero que tenham gostado dos  pequenos  comentários de cada leitura que passou durante o mês.
    
  E que venha às leituras de Novembro!


     Já leram algum desses livros?
     Então antes de ir embora deixe sua opinião. Vou ficar muito feliz em lê-la.


 renata massa