11 novembro 2016

[ Resenha ] Próxima Parada: Teu Coração | Jefferson Almeida



      Olá pessoal!
      Tudo  bem?
      Espero que esteja tudo bem.
      Hoje eu trago para vocês a resenha do livro Próxima Parada: Teu Coração do escritor Jefferson Almeida e publicado pela Editora Autografia.
      Conheça minha opinião.

“ Que caminho o coração segue?
 Os mais difíceis, talvez. O coração não gosta de seguir por caminhos retos e perfumados, simplesmente ele gosta de enfrentar desafios, se ferir, sofrer e se reconstruir.”
 ( Pág. 11 )


. Dados Sobre o Livro:

- Autor: Jefferson Almeida
- Editora: Autografia
- 1ª Edição
- Ano: 2016
- 174 páginas

. Adicione no Skoob: Próxima Parada: Teu Coração

. Sinopse:

Quantas vezes ignoramos um gesto, uma palavra, um toque, ou um simples olhar, talvez porque não queremos perceber ou quem sabe porque estamos tão imersos na rotina que não enxergamos que a felicidade está ali a um passo de distância. Mas quando Murilo viu aquela menina que sequer ele sabia o nome, entrar pela porta do ônibus ele descobriu o que era o amor, por isso, ele se entregou, pois tudo aquilo que ele sentia era amor de verdade, amor daqueles que arrebatava todos os sentidos e que fazia delirar, e, Murilo queria viver aquele amor e não se importar com o preço que ele teria que pagar para conquistar a sua felicidade.


“ Relembrei de tudo o que há pouco me havia acontecido.

 Eu estava extasiado, perdido em sentimentos e lembranças boas, queria reviver tudo àquilo novamente.” 

 ( pág. 66 )

Um Romance Simples e Encantador

       Com uma narrativa leve, a Próxima Parada: Teu Coração é um romance que encanta desde a primeira até a última página, que deixa uma sensação muito boa ao terminá-lo. 
       Murilo é um rapaz que convive com a mãe na capital de Curitiba e serve o exercito no 20º Batalhão da Infantaria Blindado de Curitiba. Todos os dias, Murilo usava o transporte coletivo, uma rotina diária e cansativa para alguns passageiros, mas para Murilo, a rotina de pegar o ônibus no mesmo horário trazia uma enorme satisfação, pois durante o  caminho ele ficava observando uma moça que usava o uniforme do colégio Estadual do Paraná que também  usava o mesmo transporte coletivo.
      Por causa da sua timidez, Murilo não aproximava da moça que despertava seus sentimentos. Até que um dia, o destino trabalhou ao favor de Murilo e a moça sentou ao lado dele que aproveitou a ótima oportunidade e iniciou uma conversa para conhecer Letícia.
      Durante a conversa, Murilo descobriu que a moça também o observava ao longo do caminho e adorava escrever poesias, porém  quando Murilo perguntou o nome da moça, Letícia rapidamente arrancou a primeira página do caderno, onde continha o nome dela e o número do telefone, entregou para Murilo o caderno de poesias avisando que desejava o caderno de volta e desceu do ônibus.
     A partir deste ponto da história, os encontros e desencontros de Murilo e Letícia começam  aos poucos, desenvolver uma linda história de  amor, enfrentando alguns obstáculos, mas de forma pura e delicada até conquistarem a felicidade.
    Apesar do livro ser curto, a história é completa e não deixou nenhuma ponta solta, todos os fatos foram resolvidos. O enredo está repleto de sentimentos que deixou com um nó na garganta. É aquele tipo de livro que dá vontade de indicar para todos os amigos leem, pois  a leitura flui rapidamente e os personagens são bem construídos de maneira real e cativante.
     Com momentos intercalados, Murilo e Letícia mostram suas personalidades profundamente, abordando temas delicados e mostrando como lidar com alguns sofrimentos do passado. As poesias de Letícia possuíam um tom de tristeza e sofrimento, mas depois que ela conheceu Murilo, as poesias  foram ganhando vida e doçura. Alcançando perfeitamente o coração do casal.
      A edição contém uma capa bela, há varias ilustrações de pequenos corações nas folhas amareladas e diagramação está bem agradável.
      Enfim é uma história que vale a pena conferir e prestigiar, principalmente os leitores que gostam de uma história com momentos emocionantes. Recomendo.

 

"Foi no ônibus que nos vimos, foi no ônibus que nos apaixonamos. 

Pegamos o mesmo caminho e descemos na mesma parada, parada esta chamada de coração, morada eterna da felicidade."

 ( pág. 167 )
 
    . Sobre o autor:

      Jefferson Almeida se considera um sonhador e diz que: “vive quando escreve”. Ele nasceu em 06 de agosto de 1994, na cidade de Colombo – PR, mas atualmente mora  em Telêmaco Borba – PR. Cursou Administração pela Faculdade de Telêmaco Borba e nesta mesma faculdade se pós-gradua em Gestão e Capital Humano.

    .  Já leram Próxima Parada: Teu Coração?
    . Então antes de ir embora, deixa seu comentário. Vamos adorar lê-lo.


 renata massa