31 dezembro 2016

Melhores de 2016



    Oi Pessoal!
    Tudo bem?
    Ultimo dia do ano 2016. Em poucas horas iniciaremos 2017 e com ele também temos nossas energias renovadas, novos objetivos que possamos buscar e sonhos que desejamos alcançar.
     Quando chegar fim do ano, eu gosto de relembrar as leituras que passaram aqui no blog para encerrar o ano e 2016, está com a gaveta lotada de histórias para serem arquivadas.
    Nesta última  postagem do ano, quero mostrar os Melhores do Ano, quero destacar um livro para cada mês e pretendo realizar está postagem  todo final de ano, para lembrar dos bons momentos.
      Conheçam as melhores leituras do Histórias Existem Para Serem contadas:





    Foram 70  livros lidos durante o ano de 2016, novamente consegui superar a meta de 2015 que foi 65 livros lidos.
    Dos livros  lidos, 55 livros lidos em formato físico e 15 foram livros lidos em formato digital. 
    Participei do desafio #12mesesdepoe e li e resenhei 12 contos de Edgar Allan Poe. Também participei de alguns Book Tour,  no total foram 11 livros lidos e resenhados no blog e no Skoob.
    Infelizmente  não consegui ler todos os livros que adicionei na meta de leitura, faltaram 18 livros que permanecerão na meta de leitura para serem lidos durante 2017.


 Janeiro:
Livros lidos: Pseudônimo Mr. Queen, Dois Lados de Um Coração, Janeiro Proibido, Fevereiro de Esperança, Amazonas das Montanhas – Livro II, Março de Promessas, O Colecionador de Tatuagens e Golfinhos e Tubarões: O Outro Mundo.


 
     Para o mês de Janeiro, eu escolhi dois contos que surpreendeu bastante no romance e fiquei desejando ter em formato físico. 
    Foram Janeiro Proibido e Fevereiro de Esperança, ambos escritos pela Aline Sant’Ana e publicados pela Editora Charme. 
     Em Janeiro Proibido eu não consegui largar a história até concluí-la e terminei suspirando de amores pelo conto. 
     Já em Fevereiro de Esperança, conto conseguiu misturar minhas emoções, deixou meus nervos à flor da pele e trouxe uma história totalmente diferente do primeiro conto.


Fevereiro:
Livros lidos: Tinha uns Olhos da Cor da Tempestade, Híbrida, Sombras da Primavera, O Telephone, Super Desapegada e Casamento por Aparências.



     No Mês de Fevereiro, destaco para o livro Super Desapegada da Jaqueline de Marco e publicado pela Editora Draco. Mais um livro que li em formato digital e terminei desejando o livro  físico para minha coleção. O livro é um chick-lit com uma história muito gostosa de apreciar. A leitura desenvolveu rapidamente e posso dizer que há muito tempo não devorava um livro tão tranquilo e ao mesmo tempo engraçado. Foi uma verdadeira comédia romântica!


Março:
. Livros lidos: Zeck Death, A Sedutora, Enigma: Mundo Interdito, Desejo e Honra, Leon e Guardião.



     Em Março, o livro que adorei ter lido e conheci através de Book Tour foi Desejo e Honra da autora Tatiane Durães e publicado pela Editora Deuses. A história conseguiu me transportar para o ano de 1890, aqui em Minas Gerais, vivenciando sérias mudanças no Brasil, como a abolição da escravatura, o fim da mineração e a chegada do café e dos imigrantes às fazendas mineiras. Achei o romance de época envolvente com uma história de amor instigante e uma  leitura deliciosa. Pena que o livro não era meu.


 Abril:
. Livros lidos: Montanha da Lua, Efeito Dominó - Parte I, A Escolhida e Os Goonies.



      Abril trouxe um gostinho de infância novamente na minha vida. Lembrei como eu ficava eufórica quando descobria que iria passar o filme Os Goonies durante a sessão da tarde e teria que inventar uma pequena mentira, uma dor de cabeça para não ir à escola para apreciar um dos meus filmes favoritos. Conhecer a versão literária dos Os Goonies que foi publicada pela editora DarkSide, foi sensacional, principalmente porque é  uma leitura consegue envolver completamente nas primeiras páginas, evoluindo de maneira fiel ao filme e descrevendo as cenas detalhadamente. Entrou na lista de livros para reler.


Maio:
. Livros lidos: Garota Exemplar, Línguas de Fogo, Muito além das Aparências, A Garota de Boston e Diário de um Exorcista.




     Apesar de ter gostado demais do Diário de um Exorcista e A Garota de Boston, meu livro favorito de Maio é o inesquecível Garota Exemplar escrito pela Gillian Flynn e publicado pela Editora Intrínseca. Confesso que gostei tanto do filme que comprei minha versão literária de Garota Exemplar para saciar minha curiosidade sobre o casamento de Nick e Amy.  Fiquei espantada com ambos, pois são mentirosos, cheios de segredos e possuem mentes doentias. Outro livro que está na lista de livros para reler.


Junho:
. Livros lidos: Amor de Cordel, Não sei se Te Amo, Bela Redenção, Profissão Repórter 10 Anos e Atrás do Crime.



  
Vou ter que escolher dois livros  no mês de Junho, pois eles foram maravilhosos. Bela Redenção da Jamie McGuire e publicado pela editora Verus. Eu adoro as histórias dos irmãos Maddox e posso dizer que estou enxergando Thomas de outra maneira e por mais que eu goste do Trenton Maddox, eu fiquei comovida com o sofrimento de Thomas Maddox e para ser sincera, o julgue mau no livro anterior. Não imaginava que estava tão ferido e cheio de remorso ao ponto dedicar-se apenas na carreira e deixar a família de lado. Outro livro que amei ler em Junho foi Atrás do Crime da autora Cristiane Krumenauer e publicado pela editora Giostri. A Cristiane criou um enredo que apresentou vários esquemas criminosos como um verdadeiro quebra cabeça. Cada peça que foi encaixando, esclarecendo e o livro terminou de forma surpreendente não deixando nenhuma dúvida. Prendeu minha total atenção.


Julho:
. Livros lidos: Alameda dos Pesadelos, Tempestade de Areia, Amores Desencontrados, Enquanto Houver Amor Haverá Esperança, Amante da Fantasia e As Letras dos Beatles.



    Sem duvida nenhuma, o mês de  Julho foi maravilhoso conhecer as histórias que contém no livro As Letras dos Beatles publicado pela Editora Planeta do Brasil. O autor e jornalista Hunter Davies,mostrou a simplicidade que os Beatles tinham em compor as músicas em qualquer lugar. Algumas de formas simples, muitas vezes em pequenos trechos como um rabisco na parte de trás de um envelope, num guardanapo, folhas de caderno ou brancas e manchadas de borrões. É uma edição para guardar em 7 chaves.


Agosto:
. Livros lidos: Imprevisibilidade, Desejo de Justiça, Tristeza em Pó, Você Sempre Ganha!, Nos Braços do Roqueiro e O Diário Internacional de Babi.



    Gostei muito do livro Nos Braços do Roqueiro, escrito pela Terri Anne Browning e publicado pela Bezz Editora. Durante a leitura dá para notar que a autora optou em ter uma história leve e curta neste primeiro volume, sem enrolação e direto ao ponto. Com isso a  história ficou um pouco acelerada, mas não chega atrapalhar o enredo e confesso que fiquei bastante curiosa para ter a continuação para conhecer os outros integrantes da banda.


Setembro:
. Livros lidos: 14 Dias, O Bairro da Cripta: Tomo III, Quando a Selva Sussurra, A Deusa de Anília e Outras Histórias, As Amazonas das Montanhas, Mais Uma Chance e Voraz.



     Novamente participei da Maratona Setembro Nacional e conheci novas histórias acionais. Mas eu  simplesmente adoro voltar ao universo do Bairro da Cripta. Escrito pelo M.R.Terci, neste terceiro volume, as histórias estão cada vez mais interessantes por isso eu acho muito fácil se envolver pelas histórias que contém na cidade de Tebraria. 


Outubro:
. Livros lidos: Hellraiser, Psicose, A Noite dos Mortos – Vivos e A Volta dos Mortos – Vivos, Órfão X e Sexta-Feira 13.



    O Mês de Outubro foi difícil destacar uma ou duas leituras, pois adorei os livros que li no mês do terror. Vou destacar Hellraiser porque sou fã dos filmes e a versão literária foi  bastante instigante e mesmo tendo duas diferenças bem notáveis com o filme, ainda ficou impossível de dar uma pausa durante a leitura.
    Outro livro que não passará despercebido  e juntamente com Hellraiser, eu quero reler, é o Psicose. Ambos são publicados pela editora DarkSide e conseguem prender a atenção desde as primeiras páginas, mas confesso que a escrita de Robert Bloch impressiona, não foi a toa que Alfred Hitchcock ficou instigado com a história e transformou-a num ícone do cinema.



Novembro:
. Livros lidos: Perfumes de Paris, Nerve, Próxima Parada: Teu Coração, Obscuro Coração e A Guerra da Água.



    A leitura que impressionou no mês de Novembro, foi A Guerra da Água, escrito pelo Harald Welzer e publicado pela Geração Editorial. Com uma escrita forte e objetiva, o escritor mostrou em várias hipóteses sobre o futuro que a humanidade está predestinada a viver. Explorando com detalhes períodos históricos como a guerra no oriente Médio, expondo questões, conflitos nos recursos naturais e soluções radicais para problemas sociais no futuro. Vale a pena conferir.


Dezembro:
. Livros lidos: A Torre Negra, Proibida Para Mim, Nem Tudo Será Esquecido, Depravado, No Mundo de Morfeu, Branco, O Templo.



       Outro Thriller sensacional que conseguiu prender minha total atenção e devorei rapidamente em poucos dias, foi em Tudo Será Esquecido da autora Wendy Walker e publicado pela Editora Planeta de Livros Brasil. O livro contém uma leitura extremamente interessante e fácil de compreender. É um prato cheio de reviravoltas e mexeu com minha mente com o conteúdo que encontrei a trama.


     Ufa! Agora sim... O Blog Histórias Existem Para Serem Contadas pode entrar  para 2017!
      Quero novamente  agradecer de coração a todos os leitores que acompanham o blog  sempre deixando seus comentários. Isso pode parecer pouco, mas é gratificante.

    
   Desejo uma ótima virada de ano. E que venham às leituras de 2017!


 renata massa