07 dezembro 2016

[ Resenha ] Desafio de Leitura #12mesesdepoe – Ligéia



     Olá Pessoal!
     Tudo bem?
     Hoje eu estou trazendo a décima primeira resenha do projeto de Leitura Coletiva das Obras de Edgar Allan Poe, organizado pelo Blog da Anna Costa.
      Primeiramente quero desculpar pela resenha do desafio de Novembro ser publicada atrasada no blog. No mês passado, eu passei por alguns problemas pessoais e a maioria das resenhas  ficaram atrasadas.
      O que ajudou bastante foi ter algumas prontas e o blog não ficou abandonado, mas graças a Deus estou bem melhor.
     Então chega de atrasos, principalmente com Edgar Allan Poe.
     Conheça minha opinião.





Desafio de Novembro

 Ligéia
 
     Ligéia é o décimo primeiro conto que leio para o projeto leitura coletiva das obras de Edgar Allan Poe, onde todos participantes irão ler um conto por mês durante o ano e este conto foi publicado pela primeira vez em American Museum of Science  e Literature and the Arts no ano de 1838.
    O conto inicia com o narrador desconhecido relatando que estava casado com Lady Ligéia, uma mulher de beleza rara com uma voz  profundamente doce e  extremamente  inteligente. Ele amava tanto Ligéia  que o narrador afirmava que nenhum mulher jamais iria igualar ao esplendor de sua amada.
    Porém, para o desespero do narrador, misteriosamente Ligéia adoeceu e durante uma noite em seu leito de morte, Ligéia pediu para o marido recitar um poema que ela mesma compôs e o narrador terminou de ler o poema, Ligéia faleceu.
     Devastado pela morte de sua amada, o narrador  mudou-se para Inglaterra e depois de algum tempo, casou-se com Lady Rowena com intenção de reconstruir sua vida. No entanto, o narrador  percebeu que  Lady Rowena não amava como a inesquecível Lady Ligéia e  retornou suas memórias e adoração para primeira esposa.
     Entretanto Lady Rowena também  adoeceu misteriosamente como Lady Ligéia e o narrador percebe que a morte é iminente para segunda esposa. Mas antes de falecer Lady Rowena, revela para o marido uma hipersensibilidade a sons e movimentos dentro e ao redor do quarto.
    Simplesmente não consigo acreditar porque demorei tanto tempo a ler os contos de Edgar Allan Poe. Novamente estou encantada com a escrita detalhada, como descreveu o cenário gótico da casa que o narrador adquiriu na Inglaterra.
    Confesso que é a primeira vez que leio Ligéia e adorei a riqueza do conto. A vontade é contar a história inteira, mostrar o medo que o personagem  demonstra para os leitores, mas não vou estragar  o final  porque vale a pena.
    Desafio #12mesesdepoe do mês de Novembro concluído e confesso que estou ansiosa para escrever sobre o último conto do desafio.
    Enfim... Leiam as obras de Edgar Allan Poe e surpreendam-se com uma narrativa extremamente fantástica!


“ Quantas e quantas horas refleti sobre ela! Quanto tempo esforcei-me por sondá-la, durante uma noite inteira de verão!”

        . Outros Contos do desafio:

        - Janeiro: Metzengerstein
        - Fevereiro: O Demônio da Perversidade 
        - Março: Hop – Frog
        - Abril: Morella
        - Maio: Revelação Mesmeriana
        - Junho: O Enterro Prematuro
        - Julho: O Escaravelho de Ouro
        - Agosto: Coração Denunciador ( ou Delator )
        - Setembro: OCaixão Quadrangular
        - Outubro: Berenice


       . Já leu o conto?
       . Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.