08 fevereiro 2017

[ Resenha ] Tudo é Possível | Carlos Henrique de Oliveira

   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu vou apresentar para vocês, a resenha do livro Tudo é Possível, escrito pelo autor Carlos Henrique de Oliveira e publicado pela Editora Vida & Consciência.
   Venha conferir minha opinião.


“ O que será de minha vida sem minha filha preferida? Ela era tudo o que eu tinha! Por que Deus me tirou justo a melhor?” 
 ( Pág. 06 )


. Dados Sobre o Livro:

- Autor: Carlos Henrique de Oliveira
- Editora: Vida & Consciência
- 1ª Edição
- Ano: 2016
- ISBN: 978-85-7722-500-2
- 352 Páginas
- Gênero: Romance Espírita
- Adicione no Skoob: Tudo é Possível

. Sinopse:

  Maria Tereza é dona de um dos maiores impérios de comunicação do país e tem duas filhas, as gêmeas Luciana e Cristina. Embora sejam idênticas na aparência, as duas irmãs têm personalidades bem distintas. Com o passar dos anos, as tramas do destino conduzem as irmãs até Louise, uma transexual linda, sensível, inteligente e amante das artes, desencadeando profundas transformações na vida de todas elas. Por meio de acontecimentos que permeiam a vida dessas personagens, o leitor é convidado a refletir se a vida é de fato justa e se realmente existe justiça na sociedade.

“ Não sou digno, minha mãe.Eu queria me vingar, fazer maldades. Não mereço tanta compaixão. Traí, fiz coisas erradas em minha vida pessoal e profissional...”
  ( Pág. 75 )

Surpreendeu!

     Tudo é Possível é um  romance espírita  que surpreendeu bastante. Não imaginava que iria encontrar uma história tão boa com temas importantes e polêmicos que a sociedade ainda tenta quebrar algumas barreiras.
     A história inicia em uma tarde chuvosa com Maria Tereza totalmente transtornada, caminhando pela rua, gritando e culpando-se  pela morte de sua filha Luciana. Dona de um dos maiores impérios de comunicação, a vida de Maria Tereza resumia em comandar a empresa, alguns encontros amorosos com advogado e cuidar do futuro de Luciana, sua filha preferida, deixando de lado a irmã gêmea Luciana.
     Cristina é idêntica a Luciana, mas possuía uma personalidade diferente da irmã.  Enquanto Luciana era tratada como a bonequinha, a filha espontânea e desinibida para Maria Tereza, Cristina, aos olhos da mãe era oposto de Luciana. Cristina era tratada como a filha desequilibrada, fria e egocêntrica e na mente de Maria Tereza, Deus estava sendo injusto e ao mesmo tempo castigando ela.       Neste momento, a história retorna ao passado, transportando o leitor para 1979, alguns anos antes do nascimento das gêmeas, quando Maria Tereza era recém-casada com Alfredo Sobral em um relacionamento sem amor e por interesse das famílias para manter a riqueza em alta, pois Alfredo era dono de várias empresas de comunicações e editoras do país.
     Em uma noite de festa na casa do amigo Luís Cândido, Alfredo foi apresentado para Albertina, esposa de Luís que vivia a mesma situação de Alfredo e Maria Tereza. Durante a festa Alfredo e Albertina trocaram vários olhares carregados de atração e demorou apenas alguns dias para a paixão tornar-se em um relacionamento extra conjugal.
    Após alguns meses Albertina engravidou de Alberto e ambos decidiram  abandonar o  casamento para viverem juntos. No entanto, Alfredo e Albertina não suspeitavam que Maria Tereza soubesse da traição do marido e tomada pelo ódio,  Maria Tereza aproveitou do sofrimento de Luís  Cândido para  arquitetar uma vingança e acabar com o romance de Alfredo e Albertina no momento do nascimento da criança.
    A partir dessa situação, a história traz grandes acontecimentos ao decorrer dos anos na  vida dos personagens. O Nascimento conturbado de Rômulo, Albertina e Alfredo retornam para seus antigos parceiros totalmente arrasados, Maria Tereza engravida e as gêmeas Luciana e Cristina nascem e Luís traz um filho adotivo  para  alegrar a vida de Albertina.
     A obra vai desenvolvendo de forma  com os anos irão passando com os personagens. Luciana tornar-se uma moça totalmente manipulada pela mãe e para pior, é forçada a entrar em um relacionamento abusivo com o Paulo Henrique, filho adotivo de Albertina e Luís. Cristina possuiu desde criança, o dom de ver e conversar com espíritos. Esse dom não é bem visto por Maria Tereza.
     E Rômulo ganha um grande destaque na história, desde criança ele gostava de vestir como menina e brincar de bonecas. Seu pai, após perceber que o filho era afeminado, passou a rejeitá-lo e humilhá-lo. Sem o apoio dos pais, Rômulo decide sair de casa e assumir um relacionamento homossexual com um jornalista.
     A história é complicada com vários personagens, mas a escrita do Carlos Henrique é bastante tranquila, com um ótimo desenvolvimento não deixando nenhuma ponta solta. Mesmo que os personagens contêm enredos separadamente, Carlos Henrique conseguiu ligá-los à trama principal, sem  deixar a história ser cansativa.
    O abuso contra mulher, o preconceito contra homossexual e racial, relacionamento abusivo e manipulador são assuntos sérios abordados de forma realista que faz refletir durante a  história.
    Para ter uma ideia, para quem ainda não leu nenhum romance espíritas, mas tem uma curiosidade e já  assistiu o filme Ghost, Do Outro Lado da Vida ou  acompanhou a novela A viagem, a história que Carlos criou é um pouco parecida em torno dos espíritos de luz, espíritos malignos e espíritos sofredores.
    Como foi Alexandre da novela A viagem, após sua morte, ele manipulava e até prejudicava outros personagens aqui na Terra e a novela mostrava os espíritos de luz tentando ajudavam os seres humanos e pediam para Alexandre parar de  prejudicar as pessoas para Alexandre desenvolver espiritualmente. É dessa forma que a história é conduzida através do romance. Sem sombras de duvidas é um livro muito bom.
    A diagramação está ótima, a fonte é um pouco maior do que o normal encontrado em outros livros. A capa corresponde ao personagem da história e as folhas são brancas.
    Eu recomendo o livro para todos que gostam de histórias com assuntos importantes, mas que tenham a mente aberta para o gênero.  

Livro fornecido gentilmente pela Editora Vida & Consciência

“Emocionada com aquela descoberta, Luciana o abraçou enternecida, e eles ficaram abraçados por algum tempo.”  
 ( Pág. 300 )


    . Sobre o Autor:

      Nascido em 1992, Carlos Henrique de Oliveira é formado em Design Gráfico e pós-graduado em Gestão Estratégica de Pessoas. Desde pequeno, imaginava cenas de histórias e personagens e fazia rascunhos de historietas. Sempre se interessou por História e Sociologia e, a partir dos catorze anos, começou a percorrer o caminho da espiritualidade por meio das obras de Allan Kardec, Chico Xavier, Zibia Gasparetto, Mônica de Castro e Marcelo Cezar. Frequenta um centro espírita em seu bairro, no qual tem buscado ensinamentos para sua vida e para suas obras.


   . Você já leu o livro Tudo é Possível?
  . Deixe seu comentário. Vou adorar lê-lo.


 renata massa