13 maio 2017

[ Lançamento ] Legião – William Peter Blatty



   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   William Peter Blatty está na Darkside Books. O legado do autor do clássico O Exorcista finalmente ganha uma edição brasileira feita por quem tem a mesma adoração pelo terror que seus leitores mais fanáticos. É com muito respeito — até com certo medo — que a DarkSide Books lança LEGIÃO.



“Então Jesus lhe perguntou: ‘Qual é o seu nome?’. ‘Meu nome é Legião’, respondeu ele, ‘porque somos muitos.’”
 — Marcos 5,9



      LEGIÃO é a verdadeira continuação de O Exorcista. Personagens e acontecimentos importantes do primeiro livro encarnam novamente nas páginas deste romance que Blatty publicou em 1983 e que finalmente sai no Brasil com seu título original. Alguns segredos da história de 1971 são revelados aqui, então é aconselhável ler O Exorcista antes de encarar LEGIÃO.



Título | Legião
Autor | William Peter Blatty
Tradutor | Eduardo Alves
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 320 páginas, capa dura
Dimensões | 14 x 21 cm
ISBN | 978-85-9454-033-1
Adicione | Skoob - Goodreads
A história começa dez anos depois do exorcismo de Regan MacNeil, a jovem menina endiabrada que Linda Blair incorporou no cinema. Só que agora o sobrenatural ganha também uma pegada de romance policial.
O detetive (e cinéfilo nas horas vagas) William F. Kinderman volta à cena, investigando uma série de assassinatos brutais — entre eles, a crucificação de um garoto de apenas doze anos. O modus operandi dos crimes parece indicar a assinatura mórbida do assassino em série Geminiano. Mas como solucionar um caso em que o principal suspeito está morto há mais de uma década?


LANÇAMENTO PREVISTO PARA JUNHO


    Para criar o personagem Geminiano, Blatty se inspirou no Zodíaco, lendário serial killer que aterrorizou a Califórnia entre os anos 1960 e 1970, e que até hoje não foi identificado pela polícia. Zodíaco, pelo visto, era fã da obra do autor. 
    Em 1974, o assassino enviou uma carta ao San Francisco Chronicle elogiando o filme O Exorcista como “a melhor comédia satírica a que já assisti”.
    Uma curiosidade: aproveitando o sucesso de crítica e bilheteria do primeiro filme, O Exorcista II — O Herege chegaria aos cinemas em 1977. No entanto, este filme não teve nenhuma participação criativa do autor. Por isso mesmo, o livro LEGIÃO é considerado como a verdadeira sequência da obra-prima de Blatty.


     Como sempre, a edição em capa dura da DarkSide® Books segue aquele padrão quase demoníaco de qualidade. É como dizem: o diabo mora nos detalhes. Mas cuidado ao expor LEGIÃO em sua estante! Um livro assim é capaz de intimidar os mais corajosos, antes mesmo de se virar a primeira página. Só não se assuste se perceber o livro olhando em sua direção; afinal, você deve estar imaginando coisas.
     Para tornar sua experiência ainda mais assustadora — caso isso seja possível —, uma boa dica é emendar a leitura de LEGIÃO com outro título da Caveirinha: Exorcismo, de Thomas B. Allen, livro que detalha o caso real de possessão demoníaca que inspirou a criação de O Exorcista.



PEGUE ÁGUA BENTA, UM CRUCIFIXO, FAÇA O SINAL DA CRUZ E VÁ LER.
LEGIÃO ESPERA POR VOCÊ.



    . Sobre o autor:

     William Peter Blatty escreveu sobre demônios, mas também fez o mundo rir com o Inspetor Closeau. É dele o roteiro de Um Tiro no Escuro (1964), o segundo e melhor filme da série A Pantera Cor-de-Rosa. Até então autor de comédias, Blatty lançaria seu livro mais famoso em 1971 — a obraprima de terror O Exorcista. Dois anos depois, adaptou o livro para o cinema, e ganhou o Oscar de melhor roteiro. Dirigiu dois filmes, entre eles O Exorcista III, baseado em Legião. William Peter Blatty deixou o plano material em janeiro de 2017, aos 89 anos. Católico fervoroso, acreditava na vida eterna, como escreveu em seu livro de memórias: “Para todos aqueles que perderam um ente querido para essa fraude chamada Morte”. 


     Gostaram do lançamento da caveirinha Darkside Books?
     Comente sobre ele. Sua opinião é muito importante para o blog.
     Deixe seu link para que eu possa retribuir.
     Obrigada e volte sempre.