14 julho 2017

[ Resenha ] Medo de Palhaço | Marcelo Milici, Filipe Falcão, Gabriel Paixão, Matheus Ferraz e Rodrigo Ramos



   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu trago para vocês a resenha do livro Medo de Palhaço publicado pela Editora Évora. O livro é uma enciclopédia definitiva sobre palhaços assustadores na cultura  pop e foi escrito pelos integrantes do site Boca do Inferno: Filipe Falcão, Gabriel Paixão, Marcelo Milici, Matheus Ferraz e Rodrigo Ramos.



“ Em primeiro lugar, não é de hoje que pessoas, incluindo crianças, têm medo de palhaços.”   
( pág. 27 )   




. Dados sobre o livro:

- Autores: Filipe Falcão, Gabriel Paixão, Marcelo Milici, Matheus Ferraz e Rodrigo Ramos. 
- Editora: Évora
- 1ª Edição
- Ano: 2016
- 288 Páginas
- ISBN: 978-85-8461-072-3
- Sinopse: Em sua primeira obra, a equipe do Boca do Inferno procura os arrepios por sob as gargalhadas ao adentrar neste aflitivo picadeiro desde os primórdios do circo, buscando explicações na história e na psicologia. Os autores instigam pesadelos em tons rubros ao contar sobre os assustadores carnavalescos bate-bolas, o mito dos palhaços ladrões de órgãos e John Wayne Gacy, o verdadeiro palhaço assassino.






“ Se por  acaso encontrar um palhaço assustador durante o Carnaval, reze para que seja só mais um exemplar do folclore carioca querendo se divertir com o seu medo!” 
( pág. 32 )




Adorei a Edição!

      Cada indivíduo tem seu medo particular,  seja ele de forma leve provocada por algum trauma ou como fobia, onde a perturbação resulta no medo mais exagerado. A coulrofobia, popularmente conhecida como Medo de Palhaço, não está apenas em crianças, mas também em adolescentes e vários adultos. Esse  medo é mais comum do se imagina.  
      Esse personagem cômico estimulou a equipe do site Boca do Inferno a escrever o livro Medo de Palhaço, uma verdadeira enciclopédia definitiva sobre palhaços assustadores na cultura pop.  Neste almanaque o leitor que aprecia seres assustadores, assim como eu, terá a oportunidade de encontrar vários palhaços cruéis que aterrorizaram as telas do cinema e as páginas dos livros e nos quadrinhos.
     O livro inicia com um prefácio do Matheus Ferraz, um dos autores do livro, declarando seu medo por palhaços durante a infância e na adolescência. Conseguindo arrancar o trauma  após ler A Coisa do Stephen King e após alguns anos, tornou-se essa fobia numa sugestão de projeto que foi abraçado pelo dono do site, Marcelo Milici e pelos outros integrantes,  Filipe Falcão, Gabriel Paixão e Rodrigo Ramos.
    A idéia deles não foi apenas  listar filmes de terror com palhaços, mas fazer uma investigação da origem desse personagem que causa coulrofobia em muitas pessoas. Definindo historicamente,  a origem dos palhaços nas civilizações antigas como a chinesa, grega e romana, até chegar no Brasil. Não esquecendo de destacar os bobos da corte na idade média, mesmo não existindo associação direta com os palhaços.
    No entanto o palhaço deixa de ser aquela figura divertida e engraçada, quando as  lendas urbanas são exploradas. Em  território nacional contém algumas lendas assustadoras com palhaços. Um delas  foi na década de 1990 em Osasco no estado de São Paulo, relatando fatos com palhaço sendo visto perto de escolas públicas, abordando crianças sozinhas, oferecendo pipoca ou algodão doce e  a criança nunca mais era vista com vida.
    Contudo, na realidade realmente existiu um palhaço assassino nos Estados Unidos. John Wayne Gacy foi um dos Seriais Killers mais famoso do país que espalhou terror por anos assassinando dezenas  de jovens e adultos.  A história verídica do caso Gacy, ganhou um capítulo especial no livro, pois diversos filmes foram produzidos mostrando o aspecto manipulador de Gacy e recontando sua história em forma de ficção ou biográfica.
    A partir deste ponto, o livro menciona  os principais filmes, livros, quadrinhos e séries de televisão com palhaços assustadores, mesmo que seja uma pequena aparição, todos eles ganharam um pequeno resumo e uma análise da produção envolvendo o personagem.
    Ainda saciei minha curiosidade com Palhaços Assassinos do Espaço Sideral, o palhaço Pennywise de IT: A Coisa, Coringa o palhaço do crime e Violador o palhaço infernal. Todos eles também conquistaram capítulos especiais com suas histórias originais e filmografia.
    Eu não imaginava que iria gostar tanto da edição. A escrita é bastante agradável, proporcionou uma leitura fantástica e fazendo enxergar o palhaço de outra maneira, pois ele não foi à figura que assustou minha infância. Tive oportunidade de obter informações de filmes que não conhecia e curti demais quando deparava com as produções que já tinha assistido.
    A edição tem um acabamento maravilhoso e completamente caprichado. A capa corresponde perfeitamente com o conteúdo. A diagramação está sensacional no papel Couché fosco com brilho de alta qualidade, isso valorizou demais as imagens que  contém no livro, principalmente nas páginas roxas que ficaram com cores vivas.  
   O livro propõem  muito além do que um simples guia de filmes de terror com palhaços, ele traz diversas informações interessantes que vale a pena ter na estante, principalmente se o leitor é fã de filmes e livros de terror. Recomendo.

 

Livro oferecido gentilmente pela Editora Évora.

“ Se o caso de Deburau ficou enterrado no passado, na memória coletiva recente, ao menos um deles foi assustador o suficiente para atiçar em todos nós uma parcela de coulrofobia real, o serial Killer americano John Gacy, conhecido popularmente como o Palhaço Assassino, convicto pelo assassinato de dezenas  de jovens e adultos.” 
 ( pág. 35 ) 


       

       . Sobre os Autores: 


      Filipe Falcão – Jornalista, mestre em comunicação e pesquisador de cinema de horror. Estuda remakes de horror no doutorado na UFPE. É autor do livro Fronteiras do Medo.

     Gabriel Paixão – Profissional de RH pós-graduado em gestão de pessoas, atua no site Boca do Inferno desde 2006. Adora filmes trash, rock clássico e games. Morre de medo de se afogar.

     Marcelo Milici – Professor, formado em letras com especialização em horror gótico, é idealizador do site Boca do Inferno e teme aquele que segura a bexiga colorida.

     Matheus Ferraz – Mineiro, formado em jornalismo e mestrando em biografia pela University of Buckingham. É autor de livro independente Teorema de Mabel.

     Rodrigo Ramos – Designer formado pela Unesp. Fã de filmes de horror e quadrinhos de super-heróis, sempre achou estranho aquele sorriso constante no rosto do palhaço.

     

     Já leram Medo de Palhaço?
    Comente sobre ele. Sua opinião é muito importante para o blog.
    Deixe seu link para que eu possa retribuir.
    Obrigada e volte sempre. 


 renata massa