31 de dezembro de 2017

[ Lidos do Mês ] Dezembro – 2017

   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Daqui poucas horas entraremos em 2018. Enquanto isso, vamos finalizar as leituras do mês de Dezembro para preparar uma nova meta de leitura e quem sabe você resolva se aventurar neste mundo mágico da literatura.





 O  Melhor que  Podíamos Fazer
 ( Thi Bui )
 O mês de Dezembro começou com a história autobiográfica da Thi Bui e sua família que a Editora Nemo publicou com uma edição magnífica. O livro retorna ao passado, resgatando profundamente  as raízes  e os laços que a família da Thi Bui construiu ao longo dos anos. Como foi a infância dos pais, como Bô e Má se conheceram e como foi o nascimento dos seis filhos em situações precárias, com muita pobreza em um  país que estava em caos e tomado pela guerra. Thi Bui também conta a história do Vietnã conectando no momento da segunda guerra mundial. Ela menciona a Guerra Civil dentro do Vietnã também conhecida como Guerra Indochina, que os Estados Unidos interferiu enviando soldados e armamentos de guerra.

 Anjos e Demônios
 ( Dan Brown )
 Depois fui acompanhar a incrível história do professor Robert Langdon no Vaticano em Anjos e Demônios. A leitura é sensacional. Tudo consegue surpreender positivamente, mostrando a riqueza no enredo, cenário e principalmente nos acontecimentos com os personagens. Cada trecho da história é uma decisão que precisava ser tomada com rapidez para salvar tudo e todos, dessa forma a escrita de Dan Brown ofereceu tantas  informações que ficou impossível de não ser fã da história. Eu fiquei fascinada com cada  trecho do enredo, especialmente o final.




Esconjuro
( Giselle Melo )
Eu imaginei que Esconjuro continha um enredo do  gênero do terror, mas fui pega de surpresa com um suspense que se enquadra  perfeitamente  para o público juvenil. Além da história ser bem leve, a escrita da autora lembrou aqueles enredo mais antigo, onde os personagens sentam na pracinha para namorar e o rapaz tentava conquistar a moça em festas como quermesse. É diferente das histórias a
atuais.





Paixão Proibida – Inveja
( Sophie Adams )
Em seguida li o primeiro conto da série Sete Pecados da autora Sophie Adams e a inveja prevaleceu, influenciando fortemente no relacionamento dos protagonistas Jake e Kate, que sentiram na pele, o que este sentimento de inveja é capaz de provocar. Com extrema sutileza, a autora conduziu a história de maneira envolvente, repleta de intrigas, mentiras e reviravoltas bem legais.Adorei a história!





O Símbolo Perdido
( Dan Brown )
Pela terceira vez, eu aventurei nas histórias incríveis com Robert Langdon, mas desta vez,  embarquei numa história diferente das anteriores e conheci os segredos e símbolos maçônicos. É extremamente interessante acompanhar a linha de raciocínio que Dan Brown conduz Robert na trama, mostrando detalhes que não enxergamos ou pelo menos que não tinha despertado nenhuma atenção. Mal’akh é um vilão bem trabalhado, minucioso e bastante detalhista. Amei!




França Bonjour
( Cecília Machado )
Confesso que estava com muita vontade de ler este romance, com linguagem simples e enredo bacana, mas durante a leitura eu fiquei um pouco desapontada. Apesar de ser um romance bem leve, com reviravoltas previsíveis, achei a narrativa complicada. Os diálogos foram misturados no mesmo parágrafo. Infelizmente outro pequeno ponto na história desapontou um pouco e foi difícil gostar da história. Foi uma pena!





Inferno
( Dan Brown )
Minha expectativa com o livro Inferno era enorme e não tenho como negar fiquei  encantada com a riqueza  que cada livro veio proporcionando as minhas leituras. O livro Inferno é simplesmente incrível!  Novamente a escrita de Dan Brown superou minhas expectativas. Ele traz uma quantidade de informações que é inquestionável seu conhecimento, isso que fascina nas histórias do autor. A narração conseguiu prender maravilhosamente, mostrando muita cultura, arte e museus que encanta enquanto somos conduzidos para um final eletrizante e surpreendente. 




 Psicose
 ( Robert Bloch )
 Ler o livro Psicose, mesmo conhecendo a história através do filme, foi uma experiência totalmente fantástica, porque consegui absorver bastante a história. O aspecto psicológico do Norman chamou bastante atenção, pois apresentou um caso de transtorno de personalidade múltipla. Às vezes  mostrava ser um homem indefeso, oprimido e controlado pela mãe, mas também era uma homem assombrado por questões que parecia ser muito além da sua compreensão. Só lendo que o leitor conseguirá entrar totalmente na mente de Norman e entenderá  melhor a loucura e os traumas que ele possui. O livro entrou na lista das minhas melhores leituras do ano, merecendo ser relido sempre que possível.



Itália Amoré Mio
( Cecília Machado )
Conhecei a escrita da autora através do livro França Bonjour, fiquei um pouco desapontada com a história, mas queria dar uma nova chance para conhecer melhor os romances da autora e  não pensei duas vezes em aventurar na história de Itália Amore Mio. A história é legal e contém um romance bem leve, porém tem reviravoltas previsíveis demais e  não teve  acontecimentos que despertou grande interesse no romance. Neste livro, os erros também permaneceram da mesma forma. Novamente foi difícil de acompanhar. Precisei retornar algumas páginas pra tentar entender o que realmente estava acontecendo com os personagens e precisou de muita atenção especial pra não ficar perdida durante a leitura.



Origem
( Dan Brown )
Última leitura para fechar o ano foi com o mais novo lançamento de Dan Brown. Não tem como duvidar Dan Brown sabe conduzir a trama com muito estilo e cuidado. Eu fiquei grudada na história, tentando resolver o enigma e toda a conspiração. A história tem muitos detalhes e  às vezes é preciso fazer  uma pausa para pesquisar as referências que ele faz sobre os locais para compreender melhor o enredo que Dan Brown quer  mostrar para seus leitores, mas afirmo que vale a pena demais.






   Ufa! Agora sim, o blog pode entrar em 2018 com sucesso.
   Quero agradecer todas as visitas que fizeram ao Histórias Existem Para Serem Contadas durante 2017. O blog é alimentado por visitas dos leitores e vocês deixaram comentários maravilhosos.
   Desejo que 2018 possamos continuar com essa amizade fantástica, repleta de leituras sensacionais e que possamos adquirir vários livros maravilhosos para nossa estante.