2 de março de 2018

[ Resenha ] Perto do Fim | Rosa Mattos



   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu trago para vocês a minha resenha do livro Perto do Fim, escrito pela autora nacional Rosa Mattos e publicado pela Editora Selo Jovem.


. Título: Perto do Fim
. Autora: Rosa Mattos
. Editora: Selo Jovem
. 1ª Edição
. Ano: 2017
. 246 Página
. ISBN: 978-85-66701-81-4
. Sinopse: Jeff Weber é um homem solitário e inconformado com o seu destino. Tentou acabar de vez com o sofrimento, jogando o seu carro contra um poste de concreto, mas sobreviveu. Um dia, Jeff escuta da sacada de sua casa, uma jovem pedindo socorro e corre até lá para ajudá-la, sem saber que esse seu gesto daria início a um grande pesadelo.  Jeff liberta a jovem Valentina das mãos do agressor e recebe ameaças dele, por ter surgido na hora errada. O sujeito foge, mas no mesmo dia coloca em prática suas ameaças. Após isso, Jeff vê sua rotina pacata e metódica, sofrer uma guinada vertiginosa. Uma série de acontecimentos o faz pensar que sua vida corre perigo e o homem falava sério. Ele só não entende, qual o motivo para tanta fúria e desejo de vingança. Ao mesmo tempo em que se vê perseguido e na mira de um maníaco, Valentina surge como um sopro de esperança em sua vida, trazendo um pouco de paz ao seu coração acostumado a estar mergulhado em sombras. E quando ele passa a acreditar que finalmente tudo se resolveu, algo inesperado acontece, jogando Jeff num dilema desanimador. Agora, ele terá que ser realmente forte para superar o novo obstáculo que o destino colocou em seu caminho, se quiser viver.

Livro oferecido pela autora Rosa Mattos.
SKOOB | EDITORA 
COMPRAR:
SUBMARINOWALMART


Gostei Bastante.

   Perto do Fim  é o livro que estou conquistando a chance de conhecer a escrita da autora Rosa Mattos e achei a história bem interessante. O livro conta a história de Jeff Weber, um homem solitário que vivia numa tristeza profunda após ter perdido a filha Lara e a esposa Sylvia. 

   Durante um passeio de domingo, Jeff estava com Lara na praia e resolveu comprar um sorvete para a filha enquanto a garotinha estava brincando com a bola. Por um momento de descuido, Jeff não percebeu a filha saindo do lugar para correr atrás da bola e a garotinha acabou morrendo afogada.

   Inconformada de ter perdido a filha, Sylvia culpava Jeff  pela morte de Lara. Recusava o apoio dele, rejeitava a presença do marido e acabou retornando para casa dos pais. Após alguns meses, Sylvia não aguentou o sofrimento e pôs fim na própria vida. Deixando Jeff ensandecido  com a sensação de culpa.

   Com a perda das duas mulheres que ele tanto amava, Jeff  tornou-se um homem frio e passou visitar a sepultura de Lara e a sepultura de Sylvia todos os domingos, levando flores para elas e  pedindo perdão pelo seu erro.

   Depois de seguir a rotina de todo domingo, Jeff retornou para casa onde morava em um condomínio residencial  e área verde. Como de costume, Jeff gostava de ficar solitário aos domingos para descansar um pouco e à noite ir  jantar numa cantina italiana de um amigo. Porém, durante à tarde, Jeff ouviu uma voz feminina pedido de socorro e por impulso, saiu correndo em direção ao bosque que contém no condomínio.

   Quando chegou ao local, encontrou um casal discutindo e percebeu o semblante de pavor da moça enquanto o homem desconhecido permanecia exaltado. Jeff conseguiu salvar a moça no momento  que ele ligou para polícia. Enfurecido, o agressor resolveu fugir  do condomínio numa picape preta, ameaçando Jeff de vingança.
   
    A princípio, Jeff não deu importância às ameaças que recebeu do agressor. Mas depois que jantou na cantina do Ângelo e encontrou seu carro no estacionamento com os dois pneus furados, a suspeita de ameaça ficou séria e teria que entrar em contato novamente com a jovem Valentina para descobrir quem era aquele homem.

    A história destaca profundamente nos sentimentos de Jeff em superar a dor do passado, mas ele precisou  ficar na mira de um homem descontrolado para sentir que ainda está vivo e com ajuda de Valentina, Jeff percebeu que não precisava viver mergulhado no castigo. 
    
   Confesso que fiquei tensa com o início da  situação, quando Jeff salvou Valentina e o suposto homem desconhecido ameaçou Jeff de vingança. Conforme a leitura  foi evoluindo com toques de suspense em torno do agressor, a relação do Jeff com o pai controlador e os momentos agradáveis com Valentina,  a história ficou mais tranquila. Contudo, não deixou de ser interessante. 

    A escrita da Rosa desenvolve  bem rápida e consegue transmitir os sentimentos de cada personagem. Jeff e Valentina tiveram uma ótima conexão, foram humanos e apesar do sentimento de atração ter despertado logo no início, primeiramente eles precisaram conquistar  paz dentro do coração naturalmente e esse momento foi delicioso de acompanhar.

    A edição é simples, mas contém uma diagramação maravilhosa nas folhas amareladas  do papel pólen e a capa do livro corresponde perfeitamente com a história. 

    Para quem aprecia romance, afirmo que é uma história bem estruturada. Podem ficar tranquilos que não revelei nem a metade da história. Enfim, finalizo minha opinião recomendando este lindo romance para todos os leitores que adoram histórias com personagens enfrentando novos obstáculos e perspectivas.

 “ A vida me queria vivo, ignorando inteiramente o meu desejo de morrer, para que eu pudesse pagar pelos meus erros.” 
( pág. 10 )

   Sobre a autora:
   Rosa Mattos é gaúcha de Torres, formada em Economia e mora atualmente em Porto Alegre/RS.  Em 2011 publicou seu primeiro livro, intitulado Coletânea de Contos, com uma seleção de oitenta textos, entre contos e prosas. No ano seguinte, lançou Sopros de uma Flor, com poemas e pensamentos. Ambos pelo Clube de Autores. Paredes Vivas foi sua estreia como romancista em 2013, pela Editora Dracaena. Um romance sobrenatural com atmosfera de terror psicológico. Em 2013 e 2014, participou das antologias Mentes Inquietas e Horas Sombrias, da Andross Editora, com um conto de terror e outro medieval. O medo de Virgília, seu segundo romance, foi lançado em 2014 pela Editora Selo Jovem. Um thriller psicológico. Uma história de amor, medos e loucuras.  


   Já leram o livro Perto do Fim?
  Tem interesse em lê-lo?
  Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.