14 de junho de 2018

[ Filme ] Operação Red Sparrow


  Olá pessoal!
  Tudo bem?
  Hoje eu vou conversar com vocês sobre o filme Operação Red Sparrow. Vou tentar não misturar os detalhes do filme com a versão literária, escrito pelo  Jason Matthews que já foi lançado originalmente no Brasil pela Editora Arqueiro como Roleta Russa.


Título: Operação Red Sparrow
Título Original: Red Sparrow
Ano: 2018
Dirigido por: Francis Lawrence
Elenco: Jennifer Lawrence, Joel Edgerton, Matthias Schoenaerts,  Joely Richardson, Mary-Louise Parker, Jeremy Irons, entre outros.
Duração: 2h e 21 min
Sinopse: Outrora talentosa bailarina, Dominika Egorova (Jennifer Lawrence) encontra-se em maus bocados quando é convencida a se tornar uma Sparrow, ou seja, uma sedutora treinada na melhor escola de espionagem russa. Após passar pelo árduo processo de aprendizagem, ela se torna a mais talentosa espiã do país e precisa lidar com o agente da CIA Nathaniel Nash (Joel Edgerton). Os dois, no entanto, acabam desenvolvendo uma paixão proibida que ameaça não só suas vidas, mas também as de outras pessoas.



Gostei, Mas Poderia Ser Melhor

   Estava com muita vontade de conferir adaptação de Operação Red Sparrow,  porque  a versão literária conseguiu me conquistar e queria ver se a história funcionava bem ou melhor nas telas do que nas páginas do livro.

   Na trama, Dominika Egorova ( Jennifer Lawrence ) é uma bailarina que depois de sofrer um acidente e tendo a mãe doente ( Joely Richardson ), ela acaba sendo obrigada a trabalhar como espiã para o governo russo. 

   Guiada pelo seu tio Ivan Egorov ( Matthias Schoenaerts ), Dominika é enviada  para ingressar a escola de espiões comandada por Matron ( Charlotte Rampling ) para receber um treinamento e  tornar-se uma sparrow, espiã com habilidades de manipular e conseguir informações através da arte da sedução.



   Após terminar o treinamento, Dominika  recebe a missão de aproximar do agente da CIA chamado Nate Nash (Joel Edgerton) para descobrir a identidade de um informante infiltrado no alto escalão do governo. 

    Operação Red Sparrow não é aquele tipo de filme que explica tudo para você e dá as informações de mão beijada. É um filme que requer um pouco de atenção para compreender melhor os fatos que estão acontecendo na história. Dessa maneira, a trama criou alguns pontos fracos que provocou lentidão.

     Não deixa de ser um filme interessante, mas se a pessoa assistir o trailer e gosta de filmes de ação, vai criar uma expectativa enorme e colocará Operação Red Sparrow no topo da lista para assistir rapidamente achando que é uma trama de espionagem com muita ação. 



    Entretanto, o filme segurou muito as informações, ocultaram outras e deixaram o meio da história bem arrastado. Claro que o filme contém méritos bons e  uma essência carregada com investigação, suspense e uma trama cheia de reviravolta. No entanto os trechos de ação são mais demorados do que outros filmes de ação e espionagem. 

    Não é um filme acessível para todos, pois irá encontrar cenas fortes de violência, nudez e  tentativa de estupro. Algumas pessoas ficam constrangidas ou incomodadas  quando sai da zona de conforto e até passam mal com cenas fortes. Porém as cenas não estão lá de forma gratuita, também não são completamente perturbadoras, mas fazem parte do desenvolvimento da trama.   
     
    Os atores Joel Edgerton e  Jennifer Lawrence conseguem transmitir  uma química bacana nas atuações quando estão juntos. Particularmente, Joel Edgerton juntamente com outros atores que estão no filme e foram poucos aproveitados. Não tiveram uma profundidade desenvolvida na história e tinham conteúdo para expandir. 



   O filme mostrou que Dominika tinha certas habilidades quando ingressou a escola de espiões, mas não apresentou como uma jornada, um desenvolvimento da personagem.  Esse trecho foi apresentado de forma muito rápida para enrolar a trama em trechos que não tinha necessidade.  

    Deixou aquela sensação que Dominika tornou-se uma grande espiã do dia para noite e na verdade, não é bem assim. Mostraram com rapidez o processo de uma menina impulsiva para uma mulher que conseguia seduzir com muita facilidade. 

   Finalizo minha opinião com uma dúvida. Será que realmente precisavam daquela enrolação se tinham a história pronta no livro? Enfim, assistam ao filme, leiam o livro e tirem suas próprias conclusões. Talvez as cenas que eu considero exaustivas, podem ser agradáveis para vocês. 






Um Pouco Mais:

Operação Red Sparrow  é uma adaptação do livro escrito pelo norte-americano Jason Matthews, inicialmente publicado no Brasil pela editora Arqueiro como Roleta Russa e este ano ganhou uma nova edição com o mesmo título do filme. O livro já foi lido e resenhado aqui no blog.


   
 

     Já assistiram Operação Red Sparrow?
     Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.