18 de junho de 2018

[ Resenha ] Nos Bastidores do Pink Floyd | Mark Blake


  Olá pessoal!
  Tudo bem?
  Hoje eu trago para vocês, a resenha do livro Nos Bastidores do Pink Floyd, escrito pelo Mark Blake e publicado pelo Selo Generale da Editora Évora.


. Título: Nos Bastidores do Pink Floyd
. Título Original: Pig Might Fly: The Inside of Pink Floyd
. Autor: Mark Blake
. Selo: Generale
. Editora: Évora
. 1ª Edição
. Ano: 2012
. 488 Páginas
. ISBN: 978-85-63993-34-2
. Tradução: Alexandre Callari
. Sinopse:  Criada em Cambridge, na Inglaterra, Pink Floyd foi a banda progressista mais influente. Famoso por suas letras contestadoras e shows bem elaborados, a banda que vendeu mais de 230 milhões de álbuns em todo o mundo, também ficou muito conhecida pela desordem e desentendimento dos integrantes, que algumas vezes chegaram a sobrepujar as conquistas. Interessada em desvendar os mistérios que cercam a polêmica história da banda, a Editora Évora, pelo selo Generale, traz ao Brasil Nos Bastidores do Pink Floyd, a mais completa e detalhada biografia deste ícone do rock moderno. A obra é baseada em entrevistas do autor, Mark Blake, jornalista especializado em biografias de bandas e de músicos, com os membros do grupo, produtores e ex-colegas universitários e foi lançada em comemoração aos 40 anos do “Floyd”, incluindo um caderno de fotos exclusivas. Blake detalha a trajetória do Pink Floyd desde as primeiras reuniões em pubs de Cambridge até a última apresentação no Live 8, em 2005. O autor se concentra “nas personalidades das pessoas que fazem a música, nas memórias e nas impressões daqueles que estão ao seu redor” e dessa maneira relata os primeiros dias do grupo, os maiores sucessos e explica causas e consequências das brigas entre David Gilmour, Richard Wright, Nick Mason, Roger Waters e Syd Barrett, integrantes da banda. A trajetória do Pink Floyd é marcada por uma oscilação de altos e baixos e principalmente pelas mudanças de nome e formação, porém, a banda nunca esteve em um declínio total e atrai fãs do mundo inteiro até os dias de hoje.



Livro recebido gentilmente pela Editora Évora em forma de parceria.



Realmente Fantástico!

     Cresci ouvindo muito rock com meus tios e Pink Floyd influenciou muito no meu gosto musical. Como forma de aprofundar e conhecer melhor a história da banda, o livro Nos Bastidores do Pink Floyd é uma biografia realmente fantástica.

    O livro começa com uma mensagem do autor Alexandre Callari, tradutor do livro, preparando o leitor  para uma biografia indispensável para fã de rock. Assim como ele, também adorava acompanhar várias bandas de rock na MTV.

    A partir deste ponto, a biografia capta várias histórias, especialmente de pessoas que estavam ao redor  e próximas a banda, abordando fatos e vasculhando os mínimos detalhes desde 1965, quando Roger Waters, David Gilmour, Nick mason, Richard Wright e Syd Barrett  eram adolescentes com vários conflitos e tocavam em bares locais de Londres pouco antes de alcançar o sucesso. 

   O livro de Mark Blake contém histórias da banda que provavelmente qualquer pessoa que curte  Pink Floyd têm fácil acesso em adquirir na internet, mas o livro é especificamente para os fãs que desejam ter um carinho a mais com a banda favorita. Principalmente, porque Mark aponta e valoriza Syd Barrett como um dos fundadores do  Pink Floyd. Confesso que não tinha noção da grandiosidade do Syd em sua breve participação na banda.

   Como toda biografia de bandas que traz inúmeras referências de álbuns e músicas, a biografia de Pink Flody também trouxe relatos de gravações, ensaio de shows e varias brigas dos membros da banda. Desavenças que chegou ao ponto de uma disputa jurídica entre Roger Waters e David Gilmour pelos direitos do uso do nome da banda. Hoje em dia são águas passadas e Roger Waters até se arrepende de ter processado seus ex-colegas de Pink Floyd nos anos oitenta.

    Aconselho que leia com muita calma, pois é uma biografia bem detalhada mostrando vários momentos inesquecíveis do Pink Floyd. Mark trouxe na edição um material muito enriquecedor da banda mostrando bem a fundo a relação de cada integrante do grupo.

   A edição está maravilhosa! O selo Generale da Editora Évora trouxe uma edição com uma capa muito bacana que retrata os álbuns The Wall e Animals. A diagramação está impecável nas folhas do papel pólen e várias fotos no final do livro.

   É uma biografia valiosa, principalmente para leitor que é fã da banda. Mas vale ressaltar que a edição foi publicada originalmente em 2012 e alguns acontecimentos ficaram de fora. Um exemplo disso é o falecimento de Richard Wright, dia 15 de Setembro de 2008 e o lançamento do Álbum The Endless River de 2014.
  
    Mas vale muito a pena, guardarei com muito carinho!


“Sempre fuçavam no equipamento, tentando fazer com que as coisas soassem melhor. Roger e Dave eram, sem dúvida, os líderes. Eram os que diziam a todos o que queriam. Rick Wright sentava-se no fundo e não falava nada por dias, mas o seu piano, quando atacado, era sempre um ponto alto das sessões."
 ( pág. 181 )


  

  Sobre o autor:
  Mark Blake é escritor, jornalista e crítico musical apaixonado pelo rock. Foi editor da revista Q, publicação de música mais vendida no Reino Unido, e atualmente é o editor-chefe das edições especiais das revistas Q e Mojo. Há anos escreve sobre as grandes bandas de rock para importantes revistas de música, e já entrevistou personalidades como Roger Waters, Paul McCartney, Kurt Cobain, Bono, Ozzy Osbourne e Robert Plant. O primeiro show que assistiu foi do Pink Floyd, em Londres, em 1980.

   Já leu Nos Bastidores do Pink Floyd?
   Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.