12 de julho de 2018

[ Lançamento ] Edgar Allan Poe: Medo Clássico, Vol. 2


  Olá pessoal!
  Tudo bem?
  O mestre superou a morte, sua eterna musa, e continua a ocupar o posto incontestável de autor mais influente e macabro da literatura dark. Após ser recebido de braços abertos por toda a família DarkSide, o pai das histórias de suspense e mistério volta a assombrar os leitores brasileiros em uma nova coletânea.
EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO VOLUME 2 foi preparado com o mesmo respeito e o padrão de qualidade sobrenatural do primeiro volume, um dos maiores best-sellers da 1ª editora do Brasil dedicada inteiramente ao terror e à fantasia.


     No primeiro volume começamos a conhecer a fantástica casa de espelhos de Poe: suas máscaras e segredos, seu ímpeto aventureiro, suas mulheres etéreas e, é claro, seu corvo imortal. Agora, exploraremos seus devaneios sobre a finitude humana, o desamparo da perda e a solidão do nunca mais. Você está pronto para longas madrugadas de leitura?


Título | EDGAR ALLAN POE, MEDO CLÁSSICO - VOLUME 2
Autor | Edgar Allan Poe
Tradutora | Marcia Heloisa
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 240 páginas, Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 16 x 23 cm
ISBN | 978-85-9454-120-8
Adicione | Goodreads 
Sinopse | Reunindo contos, poemas e cartas que trazem à tona um lado ainda mais sombrio do genial escritor, EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO VOLUME 2 mostra toda a força das palavras do mestre em doze obras-primas de ficção, como “William Wilson”, “O Homem da Multidão”, “O Demônio da Perversidade”, “Uma Descida ao Maelström”, “A Verdade Sobre o Caso do sr. Valdemar” e “Lenore”.


LANÇAMENTO EM SETEMBRO. 
ENQUANTO ISSO VOCÊ PODE ADQUIRIR O PRIMEIRO VOLUME AQUI:

     Um capítulo extra apresenta cartas pessoais do autor. Uma rara oportunidade para o leitor conhecer o homem por trás da obra. Repleta de mistérios e cantos obscuros, a vida pessoal de Poe foi tão intrigante quanto suas narrativas mais fantásticas.



    O livro chega em uma edição caprichada em capa dura, com ilustrações exclusivas do artista brasileiro Hokama Souza, e foi traduzido por Márcia Heloísa, doutora em Literatura Comparada na UFF e responsável pela tradução do Volume 1. É ela quem assina o prefácio que explica como os dois livros se completam: “Se no primeiro volume encontramos histórias de crimes e emissários da morte, agora encontraremos aqueles que por ela foram tocados: suas vítimas, involuntárias ou não”.

    EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO VOLUME 2 é mais um título de respeito da coleção Medo Clássico, que já atendeu ao chamado de Cthulhu e levou os darksiders às profundezas do universo de H.P. Lovecraft. Os amantes da boa literatura (e da malvada também) não poderão dormir em paz enquanto não tiverem os dois volumes de Edgar Allan Poe: Medo Clássico em suas prateleiras. Mergulharemos juntos nas sombras de Poe. Afinal, ele sempre foi DarkSide.



"Edgar Allan Poe plantou as sementes que floresceram tanto
em nossa literatura [...] Nesse caminho o escritor
deve andar, e ele sepre verá as pegadas de Poe à sua frente."
— ARTHUR CONAN DOYLE, AUTOR DE SHERLOCK HOLMES —


"Poe e Lovecraft são nossos dois gênios americanos da fantasia,
comparáveis um com o outro, mas incomparavelmente superiores
a todos que seguiram seu rastro."
— ROBERT BLOCH, AUTOR DE PSICOSE —


"O melhor de Poe nunca envelhece. Seus contos ainda nos
deixam maravilhados. E suspeito que eles serão eternos."
— NEIL GAIMAN, AUTOR DE DEUSES AMERICANOS —

  Sobre o Autor:
  Edgar Allan Poe (1809-1849) foi autor, poeta, editor e crítico literário norte-americano. Tudo o que hoje conhecemos como terror começou a ganhar forma na obra de Edgar Allan Poe. Genial e maldito, Poe é considerado o mestre dos mestres da literatura fantástica. Stephen King, Clive Barker e H.P. Lovecraft são apenas alguns de seus discípulos mais sombrios. Porém, com certeza não são os únicos. Desde o século XIX, o criador de “O Corvo” vem influenciando gerações de escritores consagrados dos mais diversos gêneros, como Henry James, Franz Kafka, Arthur Conan Doyle, Júlio Verne, Vladimir Nabokov, Oscar Wilde e Jorge Luis Borges.

  Gostaram do lançamento?
  Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.