17 de julho de 2018

[ Resenha ] Capacetinho Vermelho | Lilia Rodrigues


  Olá pessoal!
  Tudo bem?
  Hoje eu trago uma pequena resenha sobre o livro infantil Capacetinho Vermelho, escrito pela autora nacional  Lilia Rodrigues e  publicado pela Lura Editorial.


. Título: Capacetinho Vermelho
. Autora: Lilia Rodrigues
. Editora: Lura
. Ano: 2016
. 2ª Edição
. 20 Páginas
. ISBN: 978-85-86261-80-0
. Sinopse: Em um reino nada distante daqui, mora uma jovem muito descolada e moderninha chamada Capacetinho Vermelho. Dizem por aí que ela é tatatatatataraneta de uma conhecida senhora chamada Chapeuzinho Vermelho. Se isso é verdade eu não sei, mas, se você reparar bem, sua história, apesar de não ter cesta de doces para a vovozinha, caçador e nem lobo mau, até parece um conto de fadas, ou melhor, um conto de moto... ou será um conto de atropelos? Entre nesta história e descubra uma das muitas aventuras vividas por Capacetinho Vermelho em sua moto envenenada, quer dizer... encantada.

Livro recebido gentilmente pela Lura Editorial em forma de parceria.


Gostei!

   De maneira muito leve e gostosa de apreciar, o Capacetinho Vermelho é o primeiro livro infantil escrito pela Lilia Rodrigues. Enquanto folheava as páginas para conhecê-lo, lembrei dos livros infantis que lia na minha infância e depois  para meus filhos.

   A história conta sobre uma jovem chamada Capacetinho Vermelho. Ela ganhou este nome, porque adorava a cor vermelha e tudo que utilizava, tinha que ter a  cor vermelha. Roupa, capacete e inclusive a motocicleta.

   Um belo dia, a mãe da capacetinho pediu para a moça levar  alguns remédios  para sua avó e no meio do caminho, durante o tempo que estava aguardando o semáforo ficar verde, Capacetinho vermelho encontrou com seu amigo Lobato Gaiato.

   O rapaz vinha correndo pela calçada para pedir carona para Capacetinho. Porém, a moça recusa dar carona  para Lobato porque foi instruída, para nunca andar sem capacete e também não dar carona para as pessoas que não usam o capacete de proteção. Assim ela evitaria riscos de acidente e não ganharia multa de transito.

   No entanto, Lobato consegue convencer a Capacetinho a lhe dar carona, alegando que nenhum guarda de transito iria multá-la. Infelizmente eles não imaginavam que logo em seguida sofreriam um acidente por causa de uma pequena distração.

   Apesar de ser um livro infantil, a história serve para ensinar as crianças à importância do capacete de proteção e algumas normas de segurança no transito. Para os adultos, a história serve como um puxão de orelha bem leve, ou melhor, um simples alertar, advertindo o comportamento dos motociclistas no trânsito. 

   O material gráfico de Augusto Figliaggi está bem legal de  curtir. Com as cores alegres, capa  bonita e ilustrações agradáveis. Enfim, deixo a dica para todos que gostam de livros infantis.




  Sobre a Autora:
  Lilia Cristina Miranda Rodrigues é contadora de histórias, escritora e pedagoga. Nasceu no município de São João da Barra e mora  há 35 anos no município  Rio das Ostras, na Região dos Lagos, Rio de Janeiro.Trabalhou com classes de alfabetização, coordenou atividades pedagógicas, atuou como Supervisora de Ensino  na Fundação Rio das Ostras de Cultura, desenvolveu projetos voltados à leitura em escola pública do município de Rio das Ostras , criou e dirigiu o grupo de contadores  de histórias Janela para História, composto por alunos da rede pública. Atualmente é responsável pela Coordenadoria técnico-pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Rio das ostras. Cresceu ouvindo seu pai contar histórias e em  sua opinião, ele foi o maior contador de histórias que existiu. Encantada pelo mar, pelo barulho das  conchas  e pelas memórias, passou sua infância escrevendo contos e  poemas, os quais só agora teve coragem de publicar.

  Já leu Capacetinho Vermelho?
  Tem interesse em lê-lo?
  Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.