27 março 2015

[ Resenha ] Areias Ardentes | Elizabeth Mayne

       Olá Pessoal, tudo bem?
       Espero que esteja tudo bem.
       Hoje eu trago a minha resenha sobre o livro Areias Ardentes da autora  Elizabeth Mayne publicado pela  Editora Nova Cultural.
       Venha e conheça minha opinião.



" Eu não lhe devo absolutamente nada.
 Você quase derrubou o meu avião.
Assustou - me e me obrigou a pousar no seu deserto.
Prendeu - me aqui e não me deixa sair para socorrer meu pai.
E, ainda por cima, está praticamente dizendo que só vou recuperar minha liberdade se ceder ao seu assédio grosseiro."
  ( Adriana Bennett - Pág. 74 )  



 

. Dados Sobre o Livro:

   - Título Original: The Sheik And The Vixen
   - Autora: Elizabeth Mayne
   - Editora: Nova Cultural
   - Série: Clássicos Românticos
   - 1º Edição
   - Ano: 1997
   - 221 Páginas
   - Tradução de: Luiz Oliveira de Araújo
   - Sinopse:

    Projetista de aviões, Adriana Bennett só queria entregar o sofisticado jato que acabara de criar a seu novo proprietário, no Oriente Médio. Porém, de repente, foi feita prisioneira em um palácio digno das Mil e uma Noites...
     O carcereiro era o homem mais atraente e irresistível que Adriana já vira. Suas atitudes, contudo, especialmente em relação às mulheres, eram coisa de outro mundo. E o mais revoltante era que o sheik Zayn Haji Haaris despertava nela uma paixão que estava abalando os alicerces de seu próprio mundo! 



  “Alá perdoe tanta ingratidão." 
( Zayn Haji Haaris - pág 74 )

   

   Ótimo!

        É o meu primeiro livro que leio da autora Elizabeth e já foi para minha coleção de livros intocáveis que tenho em minha casa.
       Primeiramente o que eu achei magnífico a historia ser contada em um país que foi tomado pela guerra, trazendo um cenário de muita demonstração de crueldade, invasão de tropas e muito sofrimento que uma guerra pode trazer. 
      Adriana chega ao Kuwait, justamente no dia que o Iraque, resolveu invadir o país. Em meio a uma chuva de bombas. É um cenário totalmente diferente para acontecer um romance.
      Outra situação que adorei, foi à personagem Adriana Bennett, uma mulher que não é só bonita, determinada, independente e inteligente. Ela também é uma projetista de aviões e possui uma personalidade que conseguiu ser arrogante ou até mais que os personagens masculinos da história.
      Ela até ganhou de muitos outros personagens masculinos que já li com essa personalidade que possui.  Eu simplesmente aplaudi por muitas atitudes de Adriana com o sheik, outro que não é nada fácil.
      Zayn Haji Haaris é um Sheik muçulmano que segue a lei do Alcorão, além de ser um ótimo um piloto. Ele possui uma personalidade muito forte, carregada de muita teimosia e arrogância. 
     Em vários momentos, eu ficava me perguntando quem era mais cabeça dura, se era a Adriana ou o Zayn.
      A história além de possuir muita ação e aventura, traz um romance maravilhoso e cenas quentíssimas. Pode ter certeza que quando lê a imaginação vai longe.
     Como não conheço muito sobre livros de banca... Tudo pra mim é sendo novidade... E para ser bem sincera estou adorando aventurar-se nessas historias apaixonantes.




" Eu não posso querer mais nada.
É uma honra ser seu marido, Adriana Jane Bennett."
( Zayn Haji Haaris - pág. 220 )
 


  . Sobre a Autora:

     Elizabeth Mayne é natural de San Antonio e, aos onze anos de idade, já sabia fiar com precisão, segundo afirmam todas as professoras que teve na vida. Boa aluna, apesar de rebelde, ela gastou parte do seu tempo na escola desafiando professores com perguntas difíceis sobre literatura, já que começou a enveredar pelo mundo literário desde cedo, influenciada por seu pai. Passou os últimos vinte anos tentando compensar as coisas que aprontou como aluna e os últimos cinco trabalhando exclusivamente com crianças-problema. Ela tem particular admiração por heróis étnicos e casou com o seu próprio herói há dezoito anos.




     . Já leu Areias Ardentes?
     . Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.








 renata massa