16 maio 2015

[ Resenha ] Amante Liberto - J. R. Ward

              Olá Pessoal!

              Tudo Bem? Espero que esteja tudo bem.
               Hoje eu trago a resenha do quinto livro da série Irmandade da Adaga Negra – Amante Liberto da autora J. R. Ward publicado pela Editora Universo dos Livros.
               Venha conhecer minha opinião.





   " Meu destino é como guerreiro. Com meus Irmãos. Estou onde devo estar."                                          (  Vishous - pág. 48 ) 


    
    . Dados Sobre o Livro:



          - Título Original: Lover Unbound
          - Autora: J. R. Ward
          - Editora: Universo dos Livros
          - Série: Irmandade da Adaga Negra
          -  1º Edição
          - 525 Páginas
          - Ano: 2011
          - Tradução de: Carolina Caires Coellho
                                  

       . Sinopse:

         Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade...
        Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. 
       Mas, quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

                                                ( Jane e Vishous - Desenho de Anyae. )

           " A confiança dela era algo que o fazia entregar - se. E ele precisava devolver a fé antes de sua partida. Ela abriu os olhos e viu os dele, e os dois disseram ao mesmo tempo:
            - Não quero que você vá.
            - Não quero deixar você. "                                                                                                                                               ( Vishous e Jane - pág. 308 )  
 
( Contém Pequenos Spoilers dos Livros Anteriores. ) 


                                                        Surpreendente!

         Li, ou melhor, devorei o quinto livro da Irmandade em um tapa. Estava muito curiosa para conhecer mais sobre Vishous, porque Rhage, Zsadist, Vishous e Qhuinn são os guerreiros favoritos da série.
        Vishous já mostrou nos livros anteriores que é um personagem intrigante e o mais sádico do grupo por causa do seu modo de ver e viver a vida. Porém, neste livro, Amante Liberto, Vishous está passando por um momento complicado, pois está sendo obrigado assumir uma tarefa bem complexa. Com isso, diversas mágoas do passado retornaram para seu presente, mostrando como era sua convivência com guerreiro Blodletter. 
       Gostos desses Flashbacks nos livros, pois as viagens ao passado são riquíssimas de informações e no caso de Vishous, vem mostrando momentos fortes e cruéis.
       Depois de ser baleado durante uma luta com os redutores, Vishous acaba sendo levado para um hospital, onde é atendido pela Dr.Jane. Mas logo que é despertado, Vishous começa ter sentimentos de posse e desejo por Jane, esse é apenas um dos motivos que a Dr. Jane é levada para o mundo dos vampiros. 
       Gostei muito da Jane que mostrou ser bastante corajosa e nenhum momento ela ficou tímida perante os guerreiros quando foi levada ao complexo da Irmandade.
       O romance do casal é perdidamente excitante e me surpreendeu bastante por que a vida deles é um pouco parecida, mesmo vivendo em mundos diferentes. Ambos tiveram uma infância conturbada, enfrentaram muitas dificuldades com seus pais, mas juntos amenizaram suas dores.
       Vários acontecimentos e revelações me deixaram de boca aberta, Phury foi um deles. A mudança radical que Phury começou em sua vida está formidável e já estou roendo as unhas por causa dela. Estou amando os trechos dos aprendizes, principalmente pelo John, Qhuinn e Blay que estão me deixando curiosa. Sem falar que tive mais informações de Zsadist, que está bem amadurecido ao lado de Bella e ajudando os aprendizes com os treinamentos.
       Porém o destaque vai para o final do livro. Meu Deus! Meu momento de amor e ódio com a autora Ward. 
       Puxa vida! Eu esperava um final maravilhoso por que o livro é repleto de ação, sedução, totalmente surpreendente ,tudo para ser perfeito e um pequeno detalhe no desfecho, me deixou entristecida e com alguns Por quês.
      Assumo que terminei o livro me perguntando: "Porque a Ward fez isso com Vishous?"... Por que Jane teve que ter esse destino? e Por que a virgem escriba, a mãe dá raça, não fez algo melhor por eles?
      Enfim... Apesar desse pequeno detalhe no final do livro, a Irmandade ainda é a minha série preferida, continuo apaixonada pela trama e quero muito conhecer as histórias dos outros guerreiros. 

 



Próximo Livro da Série: Amante Consagrado 



      . Leia também e deixe seu comentário:

          - AmanteSombrio
          - AmanteEterno 
          - AmanteDesperto 
          - AmanteRevelado 


        Já leu Amante Liberto ?
        Então me conta o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.