16 setembro 2016

[ Resenha ] Setembro Nacional 2016 - A Deusa de Anília e Outras Histórias | Cláudia Miqueloti




    Olá pessoal!
    Tudo bem?
    Espero que esteja tudo bem.
    Hoje eu trago para vocês a resenha do livro A Deusa de Anília e Outras Histórias, escrito pela autora Cláudia Miqueloti e publicado pela Litteris Editora.
    Conheça minha opinião.


 “Krinas sabia que enfrentariam perigos quando chegassem à montanha, apenas não contava que seriam tão dolorosos.” 
( A Deusa de Anília – pág. 27 ) 


. Dados Sobre o Livro:

- Autora: Cláudia Miqueloti
- Editora: Litteris
- Ano: 2015
- 1ª Edição
- 184 Páginas

- Onde comprar: Amazon | Saraiva

. Sinopse:

A Deusa de Anília
Um terrível dragão aterroriza a ilha. Krisna Rimeriano precisará de toda sua determinação e coragem para salvar sua amada ilha e conquistar o coração do valente Negro.
A Maldição de Gohran
A cidadela de Manarga vive sob uma maldição imposta pelo temível dragão Gohran. O jovem Menetto e seus companheiros precisam ser bem sucedidos para que Manarga não desapareça.
Mielim e a Harpa Encantada
A harpa dourada foi roubada, debaixo das orelhas pontudas dos Elfos de Lothuen. Bravos guerreiros saíram no encalço do ladrão.
O inferno de Razhenda
O Reino de Razhenda foi devastado por Cormedhor de Austrúcia, um mago ensandecido, que vem se utilizando de seres humanos como cobaias para suas experiências cruéis.
Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo
Uma terrível e monumental criatura, está aterrorizando os viajantes que precisam cruzar a Montanha do Vento Cortante. Kági, Dovan, Armando, Sáfio Liso e a doce barda Jocelyn precisam urgentemente de um trabalho, pois seus bolsos estão vazios.

“Um ruído que mais parecia um zumbido chegou até seus ouvidos. 
Em seu coração, Mielim teve certeza que chegara enfim ao seu destino.” 
 (  Mielim e a Harpa Encantada – pág. 108 )


Gostei Bastante das Histórias

      É muito bom quando um livro chega sem nenhuma expectativa e em poucas páginas consegue surpreender de forma agradável. Foi dessa maneira que senti durante a leitura do livro A Deusa de Anília e Outras Histórias.
     O livro é composto por cinco histórias  que se encaixam perfeitamente no gênero fantasia, pois ao aventurar-se  pelas histórias, encontrará lugares encantados, maldições, bravos guerreiros, dragões, elfos, deusas determinadas e  magos.
      Na primeira história A Deusa de Anília, a deusa Krisna é perfeitamente atenciosa com seu povo. Sua cidade localizada a beira mar, está passando por uma tempestade fortíssima e Krisna irá reunir os melhores guerreiros e fazer de tudo para salvar a cidade  da destruição, pois uma criatura foi enviada pelo seu maior inimigo.
      Logo em seguida, a segunda história A Maldição de Gohran, mostra a cidade Manarga. Há anos, a cidade vivia sob uma maldição imposta pelo temível dragão Gohran. Quando os filhos primogênitos  dos casais que viviam na cidade completasse cinco anos, seriam acometidos de uma loucura insana que trazia a morte rapidamente. Cansados da maldição, o conselho dos Oito, reuniu uma caravana de bravos homens para negociar a dívida no covil  de Gohran e livrar a cidade da maldição.
      Além dessas duas histórias, também encontrará a história Mielim e a Harpa Encantada. A harpa dourada que protegia a floresta de Lothuen e uma aldeia de elfos foi roubada e a missão de resgatá-la fica nas mãos do jovem  aventureiro Mielim que poderá renovar a esperança  contém na floresta.
      A penúltima história O Inferno de Razhenda é a história favorita do livro juntamente com A maldição de Gohran. O reino de Razhenda foi devastado por um mago ensandecido chamado Cormedhor de Austrúcia.    Esse mago capturou a princesa Mellian e jurou vingança, após a princesa mostrar desinteresse e recusar o amor dele. Então o rei Dam Hor escolheu cinco guerreiros para salvar sua filha e destruir o mago Cormedhor. Um desses guerreiros é o jovem Kallinger, que narra toda aventura perigosa que enfrentou para resgatar a princesa. 
     Por fim, na última história Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo, um grupo com  cinco aventureiros chegam ao continente Tremaría em busca de trabalho e descobrem uma expedição  para matar uma criatura que vive na montanha de Gelo a troco de algumas moedas. O que esses aventureiros não imaginavam que iriam enfrentar vários perigos antes de chegar à montanha.
     A escrita de Cláudia é bastante agradável e desperta interesse pela trama, porém são histórias curtas e merecem mais páginas para serem mais exploradas. Entretanto não deixaram de encantar  minha vida literária.
    A capa é muito bonita, correspondendo às histórias encontradas no livro. As folhas são brancas, contudo a diagramação está tão boa  com as fontes e espaçamentos que a leitura desenvolve rapidamente.
   Enfim, se você curte histórias nacionais do gênero fantasia, esse livro é uma ótima dica para apreciar o momento de lazer. Recomendo.



“Confesso que meus companheiros não ficaram muito felizes com minha decisão. 
Creio até que algum deles pensou que minha atitude foi proposital. 
Afinal o anão não era meu amigo.” 
( O Inferno de Razhenda – pág. 125 )     



      . Sobre a Autora: 


       Cláudia Miqueloti, nasceu em 1973, na cidade de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Digitadora em uma instituição de ensino. Aos fins de semana, leciona Japonês para turmas kids. Escreve desde os 10 anos. É admiradora da Obra de J. R. R. Tolkien e apaixonada por Literatura Fantástica. Foi, por um tempo, jogadora assídua de RPG (Role Playing Games) e Magic the Gathering. Aprecia um bom Rock, j-pop e k-pop. Em 2011, publicou o livro de poesias Labirinto do Sol e da Lua pela Edirota Litteris, sob o selo 4 Quártica Premium. O livro foi lançado na XV Bienal do Livro do Rio de Janeiro. No momento está escrevendo um romance sobrenatural.“O real e o fantástico são como dois polos de atração simultânea. A veracidade de um completa o imaginário do outro.”

    - Já leu A Deusa de Anília e Outras Histórias?
    - Então conte o que achou dele. Vou adorar ler seu comentário.