26 de janeiro de 2018

[ Resenha ] Ed & Lorraine Warren: Demonologistas | Gerald Brittle



   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje trago para vocês a resenha do livro Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, escrito pelo Gerald Brittle e publicado pela Editora Darkside Books.



. Título: Ed & Lorraine Warren: Demonologistas
. Título Original: The Demonologist: The Extraordinary Career of Ed and Lorraine Warren
. Autor: Gerald Brittle
. Editora: Darkside Books
. 1ª Edição
. Ano: 2016
. 272 Páginas
. ISBN: 978-85-9454-016-4
.Tradução: Giovanna Louise Libralon
. Sinopse: Eles enfrentaram os mistérios mais sinistros dos últimos sessenta anos, sempre em busca da verdade. Agora é a sua vez de entrar em contato com o sobrenatural. Você tem coragem? Então leia Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, a biografia definitiva dos mais famosos investigadores paranormais do nosso plano astral. Não é de hoje que os fãs do terror conhecem Ed Warren e sua esposa, Lorraine. O casal foi retratado em filmes de grande sucesso, como Invocação do Mal, Annabelle e Horror em Amityville. Mas basta folhear as páginas de Ed & Lorraine Warren: Demonologistas para constatar que, muitas vezes, a vida pode ser bem mais assustadora que o cinema. No livro, Gerald Brittle desvenda alguns dos principais casos reais vividos pelos Warren. Ed e Lorraine permitiram ao autor acesso exclusivo aos seus arquivos sobrenaturais, que incluem relatos extraordinários de poltergeists, casas mal-assombradas e possessões demoníacas. O resultado é um livro rico em detalhes como nenhum outro.





 Arquivos Sobrenaturais

     Sempre fui fascinada pelos assuntos sobrenaturais, seja ele na ficção ou em fatos reais. Esse foi apenas um dos motivos que interessei pelo livro Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, para conhecer a biografia e descobrir as informações apresentadas  sobre o casal que me conquistou completamente nos filmes Invocação de Mal 1 e 2.

    O livro inicia-se com uma introdução  do autor Gerald Brittle tentando preparar o leitor para o conteúdo que vai entrar na edição e os casos reais que ocorreram durante a década de 70 que teve a participação dos Warren.

    Logo em seguida, o livro apresenta um prefácio do Reverendo John C. Hughes falando como conheceu Ed e Lorraine Warren na paróquia, em Connecticut. O Reverendo  ainda diz como eles eram um casal com dons especiais e estavam empenhados em proteger e libertar pessoas que era influenciadas por forças maléficas determinadas a destruí-las.

    O demonologista Ed Warren e a médium clarividente Lorraine Warren foram os maiores investigadores paranormais da história. Eles começaram em 1952, quando os dois fundaram o New England Society for Psychic Researchgations ( Sociedade da Nova  Inglaterra para Pesquisas Psíquicas ) e abriram um museu do ocultismo em Monroe em Connecticut. Contudo cada um tinha seus momentos com o sobrenatural, bem antes de se conhecerem e adquirir uma vida conjugal.

    Após uma breve descrição do casal, Gerald encaminha o leitor para dentro do escritório de Ed trabalhando durante uma noite fria. Tinha algumas horas que eles haviam retornado para casa, pois estavam investigando certas alegações sobre a existência de uma casa mal-assombrada no litoral sul de Long Island.

    Enquanto Ed permanecia no escritório, Lorraine estava no andar de cima sentada na cama lendo a biografia do padre Pio. Ela não dormia  quando Ed precisava trabalhar no escritório até  tarde da noite, pois um podia precisar do outro e dessa maneira eles sabiam  que nunca estavam sozinhos. Acontece que naquela noite o casal, sem que soubesse, estava preste a receber uma visita inesperada. Era 3 horas da madrugada, hora sombria que Ed considerava ser do Anticristo e como demonologista Ed sabia que as forças do mal poderia agir depressa.

    Além da leitura ser bem elaborada, ela também é objetiva, mas nas explicações sobre conjuração, possessão, infestação, opressão e outros assuntos a leitura é um pouco lenta. Até sentia a narrativa um pouco arrastada, no entanto as explicações são necessárias para compreender melhor  o trabalho que Ed e Lorraine fazia.

    Porém os relatos de cada caso mencionado no livro era extremamente interessante e a leitura conseguia dar uma acelerada sensacional. Casos conhecidos como, Amityville, Annabelle, Enfield e outros que estão tendo grandes repercussões por causa dos filmes são mencionados com os mínimos detalhes. Mas quero destacar o caso Beckford em 1974, eu desconhecia e foi o caso que deixou o gostinho de assombração mesmo.

    Contado em dois capítulos, o leitor passa conhecer o caso a partir do dia 3 de março de 1974 quando o Sr. Pete Beckford, fez uma anotação no calendário da cozinha informando que o pneu do carro de sua filha Vicky tinha furado enquanto corrida até a drogaria.Entretanto, Pete Beckford nunca teria imaginado que esse pequeno detalhe aparentemente comum era apenas  o início de vários atos de vandalismo, com a casa praticamente destruída e vários espíritos inumanos perturbando a família.

     O sofrimento dos Beckford foi angustiante e tudo por causa de uma simples brincadeira com o tabuleiro Ouija. Novamente o leitor tem o alerta que o tabuleiro não é uma brincadeira tão inocente.

     Acreditar no sobrenatural vai de cada ser humano, mas  independentemente do leitor acreditar ou não precisa está disposto a ler este livro com a mente aberta para absorver o que Ed e Lorraine Warren tem a dizer  sobre o fenômenos sobrenaturais. Eu achei bem interessante e quero muito dar continuidade no próximo livro de arquivos sobrenaturais de Ed e Lorraine Warren.

    Nem preciso falar sobre o capricho da Darkside com as edições dos livros publicados. Para quem adora e aprecia livros de terror e fantasia cada edição lançada é um prato cheio de pura qualidade. A edição de luxo contém a capa dura, folhas amareladas e contém várias fotos do Ed e Lorraine Warren e fotos do caso Beckfort. Para completar o capricho cada início de capitulo contém também o desenho de uma serpente.

   Recomendo  para todos leitores que gostam ou tenham curiosidade sobre o assunto, contudo ressaltando novamente que é uma leitura elaborada, deve ser realizada com calma. Vai exigir um pouco de atenção, mas vale a pena.


" Se isto é o diabo agindo, então, onde está Deus? 
É justo que nossa casa toda seja destru´da porque nossa filha usou um tabuleiro Ouija?" 
( pág. 185 ) 

    Sobre o autor:
   Gerald Brittle é autor de obras de não ficção, com formação em literatura e psicologia, especializado em teologia mística. Além de Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, publicado originalmente em 1980, é autor de The Devil in Connecticut (1983).

   Já leram Ed & Lorraine Warren: Demonologistas?
   Pretende ler?
   Então deixa sua opinião nos comentários. Vou adorar conhecê-la.