29 de janeiro de 2018

[ Resenha ] A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa | Nicola Chalton & Meredith MacArrdle



   Olá pessoal!
   Tudo bem?
   Hoje eu trago para vocês a resenha do livro A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa, escrito pelas  Nicola Chalton & Meredith MacArrdle publicado pela Editora Valentina.


. Título: A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa
. Título Origeinal:The 20th Century in Bite – Sized Chunks
. Autoras:| Nicola Chalton e Meredith MacArrdle
. Editora: Valentina
. 1ª Edição
. Ano: 2017
. 200 Páginas
. ISBN: 978-85-5889-052-6
. Tradução: Paulo Afonso
. Sinopse: A História do Século 20 para Quem Tem Pressa é um guia acessível para 100 anos de história moderna. Enormes avanços na ciência e na tecnologia - estimulados por exigências do comércio internacional e conflitos armados sem precedentes - resultaram no surgimento de aviões, automóveis e antibióticos que salvam vidas. Desde a queda do Império Britânico até a era nuclear, desde os avanços pioneiros nos direitos civis até a internet, o ritmo e o alcance do progresso e das mudanças foram extraordinários.Nicola Chalton e Meredith MacArdle relatam os impressionantes eventos de um século diferente de todos, identificando as figuras-chave e os momentos decisivos desse notável período da história.Em ordem cronológica, informações básicas sobre duas guerras mundiais, a criação das vacinas, a conquista da Lua, o fenômeno da globalização, a revolução digital, o perigo do aquecimento global... e muito mais em linguagem de fácil entendimento e com mapas ilustrativos para o leitor que deseja conhecer melhor o mundo em que vivemos.


Livro oferecido gentilmente pela Editora Valentina.
Resenha publicada anteriormente no blog Doces Letras.
 SKOOB | COMPRAR

Resumão

    Nenhum outro século jamais presenciou um desenvolvimento tão rápido como foi o século 20. A sociedade ampliou seus conhecimentos, não só científico e tecnológico como também  social, político, econômico e filosófico. O livro A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa é um guia que contribuirá e identificará para o leitor, os eventos mais complexos do século. 

   O livro inicia com uma introdução mostrando a chegada do ano de 1901 e como muitas pessoas ainda viviam como seus ancestrais, usando carvão ou madeira como combustível produzindo os próprios alimentos e vivendo em  comunidades rurais. Mas após a Revolução industrial os benefícios da luz artificial, dos trens a vapor, do transporte motorizado e do telefone, foi apenas o início dos privilégios que prometiam um mundo cada vez melhor. 

   Com a transfiguração do velho mundo, a industrialização criou prósperas classes médias e vastos contingentes de mão-de-obra. Os trabalhadores eram obrigados a cumprir longas jornadas em condições de riscos, no entanto, o século 20 foi destacado pelo início da Era de Bens de Consumo.  A linha de montagem da fábrica de Henry Ford, trouxe a inovação de carros com preço acessível para classe média urbana dando a possibilidade  de viajar em veículos automotores. 

   Em um novo mundo móvel e consumista que o século 20 estava começando a proporcionar, aconteceu o primeiro vôo  motorizado, em 1903 na Carolina do Norte, com Orville Wright voando durante 12 segundos em uma aeronave dirigível. 

   Não tardou para que os aeroplanos fossem usados  em missões nos países que foram mergulhados pela guerra e vários aviões bombardeiros, inclusive o Barão Vermelho, que abateu oitenta aeronaves inimigas. Muitas pessoas morreram atingidos por fogos, estilhaços de granadas ou  por doenças contraídas nas condições degradantes. 

   Quando a poeira baixou em 1919 com o Tratado de paz de Versalhes, o mundo mostrou que é um barril de pólvora deixando a porta aberta para os nazistas e Adolf Hitler juntamente com seus aliados levou o mundo a um conflito global ainda mais amplo que o primeiro. A Segunda Guerra Mundial envolveu 61 países e cerca de três quartos da população mundial. 

  Já não bastava a enorme quantidade de pessoas mortas durante a guerra, milhares de pessoas foram mortas imediatamente  pelo ataque de surpresa em Pearl Harbor no Havaí e no ataque devastador da Bomba Hiroshina e novamente,  milhares de pessoas morreram envenenadas pela radioatividade. 

  Entretanto, o século trouxe segurança e democracia para população mundial. O conceito de direitos humanos evoluiu durante o século, serviu para proteger crianças e mulheres dando um padrão de vida que sequer poderia ser sonhado por nossos ancestrais do século 19. 

  A leitura é bastante informativa, não deixando de mencionar a criação de organizações mundiais como a Liga das Nações em 1920, a ONU em 1945 e a OMC em 1995. O capítulo que chamou bastante  atenção foi sobre os assuntos relacionados a democracia  que surtiu efeito por grande parte do mundo. Neste trecho do livro o movimento Sufragistas, o líder Nelson Mandela e até  a Ku Klux Klan  são lembrados. 

  A medicina também ganhou um grande destaque. Lembrando o surgimento de empresas farmacêuticas  que foram incorporadas no sistema capitalistas, os avanços na prevenções de doenças com a introdução de vacinas, o primeiro marca-passo artificial e o primeiro transplante de coração que salvaram vidas e a pílula anticoncepcional que proporcionou a liberdade para as mulheres de escolher a quantidade de filhos que desejam ter. 

  Para quem gosta de história mundial e para aqueles leitores que desejam ficar familiarizados com os acontecimentos do século, é um livro muito bom. Contudo afirmo em dizer, que é apenas um resumo bem caprichado da história e contém uma linguagem de fácil entendimento, por isso a leitura devolve tranquilamente. 

   O livro finaliza conduzindo o leitor nos primeiros  acontecimentos do século 21. O mundo moderno da tecnologia, aquecimento global, Terrorismo e como a internet contribuiu com a noticia e cultura para  humanidade. 

   A capa é maravilhosa, mostrando várias pessoas que mudaram a humanidade. Todas que estão na capa são mencionadas no livro. A diagramação está impecável nas folhas brancas. Também possui alguns mapas em  preto e branco e alguns acontecimentos em destaques. 

  Enfim, a leitura foi finalizada e recomendo para todos os leitores, pois sempre estamos em processo de desenvolvimento, mas às vezes é bom dar uma olhadinha para trás, relembrar períodos e conhecer melhor o mundo que vivemos para a humanidade não cometer os mesmos erros. Vale a pena!


“Durante toda a minha vida, eu me dedique à luta do povo africano. Lutei contra dominação branca e contra a dominação negra. Acalentei o ideal de ver uma sociedade democrática e livre, em que todas as pessoas vivessem em harmonia e com oportunidades iguais. É um ideal que espero viver para alcançar. Mas pelo qual, se necessário, estou preparado para morrer.” 
  ( Nelson Mandela – pág. 110 )


     Sobre as autoras:
    Nicola Chalton escreveu e editou diversas obras de teor histórico e de não ficção, entre as quais uma série de livros sobre a história da ciência e da filosofia. É proprietária de uma pequena editora em North Yorkshire, a qual administra em parceria com a sócia.

   Meredith MacArdle é escritora e editora. Mora em Londres. Escreveu as cronografias da série Ponderables. É também autora de The Timeline History of China e The Timeline History of the Middle Ages.

   Já leram A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa?
   Então deixa sua opinião nos comentários.