9 de outubro de 2019

[ Crítica ] Coringa


  Olá Pessoal!
  Tudo bem?
  No final de semana que passou eu assisti o filme Coringa e  hoje quero deixa minha crítica deste filme tão impactante.


. Título: Coringa
. Título Original: Joker
. Ano: 2019
. Direção: Todd Phillips
. Roteiro: Todd Phillips, Scott Silver
. Elenco:  Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy, Brett Cullen, Marc Maron, Leigh Gill, Glenn Fleshler, entre outros.
. Duração: 2h e 02 min
. Sinopse: O comediante falido Arthur Fleck encontra violentos bandidos pelas ruas de Gotham City. Desconsiderado pela sociedade, Fleck começa a ficar louco e se transforma no criminoso conhecido como Coringa.

Impactante!

    Completamente profundo, Coringa mostrou claramente a origem e a construção de um dos vilões mais icônicos dos quadrinhos. Confesso que o filme superou minhas expectativas, pois estava com um pé atrás por causa do Coringa apresentado em Esquadrão Suicida e amar o Coringa interpretado por Heath Ledger em Batman Cavaleiro das Trevas, em minha opinião, ainda continua sendo o melhor ator que representou o arqui-inimigo do Batman. 

    Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) é um homem com transtornos mentais que trabalhava como palhaço para uma agência de palhaços e vivia uma vida  totalmente cheia de injustiça e miséria em Gotham City. No entanto Gotham é uma cidade crua, caótica dos anos 80 e vai colocando Arthur extremamente deprimido com vários acontecimentos dolorosos e Arthur acaba chegando ao extremo da  loucura. Principalmente depois que foi demitido do emprego e sua mãe adoeceu gravemente. 

    O filme inteiro é sensacional e contém um roteiro provocativo, dando todas as respostas que o espectador procura em torno do personagem. Com as polêmicas à partes, não vou considerar que o filme tenha um roteiro perigoso ao ponto de glorificar a violência. Contudo, também não deixa de ser ousado em contar a história de um personagem se transformando em um vilão.

    Coringa é um filme que contém vários elementos e todos eles merecem detalhes. No entanto não vou contar os fatos importantes para não estragar as surpresas que o espectador irá encontrar durante o filme. Mas tem um momento importante que quero destacar. Enquanto o Coringa estava com seu caderno, o personagem escreveu uma frase bem interessante sobre as dificuldades de viver com alguma doença mental na sociedade. As cicatrizes invisíveis que a sociedade sempre deixa nas pessoas que carregam traumas e como elas são desprezadas socialmente. Esse é apenas um dos elementos que contribuiu na evolução do protagonista.


    Depois de Heath Ledger interpretando o Coringa na forma friamente sociopata e Jack Nicholson na pele do Coringa lunático, sem duvida nenhuma, Joaquin Phoenix conquistou extraordinariamente na criação do vilão. As expressões de Joaquin Phoenix ressaltaram como o personagem vilão cheio de camadas chegou ao limite e ao mesmo tempo conseguiu manipular várias pessoas em Gotham.

    As diferenças de classe e privilégios sociais também foram assuntos mencionados no filme de forma importante. Pode ficar tranquilos que não vou mencionar qual distúrbio mental que o personagem carregava, mas ele faz parte da evolução do Coringa, da mesma maneira como foi à evolução da risada do vilão. Deixou a sensação que ele não tinha controle no princípio do filme, mas acontece à construção da risada e no final, o Coringa apresenta a risada marcante como uma personalidade fortíssima.

   Quando a transformação do Arthur chegou ao limite, apresentando o verdadeiro Coringa que conhecemos, com a personalidade refletida nas roupas e com ações meticulosas é impactante. Só assistindo o filme para conseguir entender sua revolta, pelo menos foi dessa maneira que me senti ao terminar de assistir o filme. Chegou arrepiar. Foi brilhante!

   Enfim, Coringa é um tipo de filme que pede várias reflexões e pode apresentar muitas interpretações especialmente com o final que apresentou. Não contei praticamente nada dele do filme. Recomendo que assista Coringa, pois é uma obra poderosa de apreciar. 



    Já assistiu Coringa?
    Tem interesse em assisti-lo?
    Então vamos conversar sobre ele. Deixa sua opinião nos comentários.


2 comentários:

  1. Oi, eu estou bem curiosa para ver o filme, acho interessante ele trazer a origem do personagem e como ele se tornou esse vilão.

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não vi, mas fiquei bastante curiosa! Ainda pesquisando muito sobre ele, é um tipo de vilão bem fora da curva, é bem interessante ver por outro angulo XD

    Beijos

    ResponderExcluir